Vereador é afastado do cargo em Mirim Doce

A acusação contra Nilson Stern por suposta quebra de decoro, recebeu sete votos favoráveis e um contrário.

Enviar no WhatsApp
Vereador é afastado do cargo em Mirim Doce

Foto: Divulgação

Na manhã dessa sexta-feira (26), a Câmara de Vereadores de Mirim Doce realizou a sessão de julgamento do processo de cassação contra o parlamentar Nilson Stern, o Nego, por suposta quebra de decoro parlamentar e conduta inapropriada do vereador.

Foram três fatos usados na acusação da denúncia que foi aceita em abril. A comissão formada por três vereadores, André Luiz Alves de Jesus, Amilton Marcello Waldrich e Marco Antonio Semann analisaram o pedido. O vereador André emitiu o relatório após analisar depoimentos e áudios e fundamentou ser contra a cassação. Já os colegas Amilton Marcello Waldrich e Marco Antonio Semann, que também faziam parte da comissão, votaram contra o relatório de André, fazendo a decisão ir a plenário.

Na sessão realizada, a acusação contra Nilson recebeu sete votos favoráveis e um contrário. O vereador declarou que não cometeu os delitos, que a ação foi movida por vingança e que irá recorrer da decisão.

 

“Eu acho que isso foi uma calúnia. Não foi isso que eu falei, não foi isso que eu fiz. E as testemunhas comprovaram que o que os vereadores estão falando é uma calúnia. Isso é uma vingança do passado. Vou ter que me defender na justiça. Porque no passado, em um processo levantado por mim, foi cassado o mandato de dois vereadores, e agora eles se vingaram”, declarou.

 

A Câmara no momento organiza junto ao jurídico a publicação do decreto de afastamento sobre a resolução do caso.

 

Por Susana Lima

Diário do Alto Vale

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo