Vereador denuncia irregularidades na compra de asfalto em Ituporanga

Vereador denuncia irregularidades na compra de asfalto em Ituporanga

Presidente da Câmara Leandro May (PSDB) (Foto: Divulgação)

Na sessão da Câmara de Vereadores de Ituporanga da última segunda-feira, dia 03, o presidente da Casa Leandro May (PSDB) denunciou irregularidades na compra de 520 toneladas de concreto betuminoso usinado (asfalto) por parte da administração municipal.

Leandro explicou que no início deste ano foi apresentado pelos vereadores de oposição um pedido de informação sobre a compra e onde esse material foi usado. Na resposta, a administração municipal afirmou que o asfalto foi utilizado para fazer reparos nas ruas João Henrique Wiese, Matias Gil Sens, Tenente Costa, José Domingos Pagliori, Escolástica Sens, Cristiano Schlichting, Ruas Canadá, México, Argentina e Uruguai, Avenida Paraguai, Avenida Deputado Albino Zeni, Presidente Vargas, Trevo do Portal, na Praça Fernando Sens e que o restante seria usado na Rua Aderbal Ramos da Silva.

O grande volume de asfalto gasto chamou a atenção do vereador, "esse volume dá pra encher mais de 30 caminhões com capacidade para 15 mil quilos", afirmou. Diante da desconfiança de irregularidades foi solicitado um levantamento paralelo e um novo laudo técnico foi apresentado apontando que foram gastos apenas 159 toneladas de asfalto. "O curioso é que todo esse material foi pago no final de outubro do ano passado e é muito estranho a prefeitura ter pago adiantado em um ano apertado onde o prefeito sempre reclamou de dificuldades financeiras", comentou.

O vereador Leandro May, disse que nas contas estão faltando mais de 350 toneladas de asfalto, transformado em dinheiro isso dá em torno de R$ 100 mil. Ele pediu apoio dos vereadores para que uma investigação mais detalhada possa ser feita e não descarta até a abertura de uma CPI.  "A nossa obrigação é fiscalizar, eu estarei enviando essa denúncia ao Ministério Público para que sejam tomadas todas as medidas cabíveis e necessárias, pois com certeza tem alguma coisa errada", concluiu.

Assessoria Câmara de Vereadores de Ituporanga 

 

Outras Notícias

PUBLICIDADE