Velório de Aldo Schneider segue na manhã desta segunda, em Ibirama

Enviar no WhatsApp
Velório de Aldo Schneider segue na manhã desta segunda, em Ibirama

Foto: Fábio Queiroz / Agência AL

 

O velório do presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), Aldo Schneider, segue na manhã desta segunda-feira (20), na Igreja Matriz de Ibirama, no Alto Vale do Itajaí. A cerimônia teve início na noite de domingo, em Ibirama, e deve ser finalizada com um ato oficial da Polícia Militar, com honra fúnebre, às 11h40min. O ato encerra ao meio-dia. 

Prefeitos da região e candidatos ao governo do Estado estiveram no velório. Por volta das 10 horas deve ocorrer uma fala das autoridades. Um culto protestante está marcado para 10h30min e, em seguida, uma salva de tiros. O corpo de Schneider deve retornar para a cidade de Balneário Camboriú, onde será cremado em cerimônia reservada aos familiares. 

O deputado estadual morreu na tarde de domingo (19), aos 57 anos, no Hospital da Unimed em Balneário Camboriú, onde estava internado há 18 dias em decorrência de um câncer que havia descoberto em 2017. 

 

Corpo de Aldo Schneider é velado na cidade de Ibirama, Alto Vale do Itajaí

Velório em Ibirama (Foto: Fábio Queiroz / Agência AL)

 

Há um ano e 2 meses, o parlamentar lutava contra um câncer. Ele já havia feito quimioterapia ao tratar um tumor na coluna, que havia debilitado também o pulmão, e foi submetido a uma cirurgia no ano passado.

O parlamentar passou por um traqueostomia, no mês de maio, para aliviar o sistema respiratório, comprometido em função do tratamento de um novo ponto de tumor diagnosticado no pescoço, que o submeteu a sessões de radioterapia. 

Alesc 

Deputado estadual reeleito em 2014, Aldo Schneider assumiu a presidência da Alesc em fevereiro deste ano, mas estava afastado do cargo em razão do tratamento de saúde.

A esposa de Schneider, Marita Schneider, havia anunciado na última quarta-feira (15), em coletiva, que o parlamentar teria desistido de concorrer à reeleição nas eleições que vão ocorrer no mês de outubro também por conta do estado de saúde do deputado.

 O expediente da Alesc está suspenso nesta segunda-feira (20) em razão do falecimento de Aldo Schneider, e o Parlamento estadual decretou três dias de luto oficial.

 

Por Diário Catarinense

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo