TSE recebe pedido para a criação do Partido Nacional Corinthiano

Registro do partido será analisado pelo Tribunal

TSE recebe pedido para a criação do Partido Nacional Corinthiano

Foto: Reprodução

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recebeu nesta quarta-feira o pedido de criação e registro do Partido Nacional Corinthiano (PNC). A solicitação será analisada por um grupo técnico e, em seguida, pelo ministro Henrique Neves. O pedido é a sexta das sete etapas para a criação de um partido político no Brasil.

"A manifestação de apoio à legitimação do Partido Nacional Corinthiano perante o Tribunal Superior Eleitoral é um direito não apenas do torcedor corinthiano. Queremos despertar o interesse real do brasileiro pela política. Isso hoje não existe e o futebol é uma ferramenta importante para reverter isso", afirma Juan Moreno, presidente do movimento, em publicação no site oficial.

"O Partido Nacional Corinthiano é jovem e não podemos ter expectativas irreais. A meta é legitimar o partido o mais rápido, se possível  dentro do prazo legal para participação nas eleições de 2016", acrescenta Moreno.

Para conseguir o registro, o partido precisa da assinatura registrada em cartório de 500 mil eleitores. O movimento não tem ligação oficial com o Corinthians. Atualmente, o Brasil tem 32 partidos políticos aptos a disputar as eleições.

*ZHESPORTES

Outras Notícias

PUBLICIDADE