Temporal com granizo deixa rastro de destruição no Alto Vale

Enviar no WhatsApp
Temporal com granizo deixa rastro de destruição no Alto Vale

Defesa Civil, Epagri e famílias ainda contabilizam os prejuízos (Fotos: Redes Sociais / Reprodução)

 

O temporal com granizo que caiu na tarde desta segunda-feira (27) deixou um rastro de destruição em cidades do Alto Vale do Itajaí. Alguns dos municípios ainda contabilizam os estragos dos dias anteriores quando a situação se repetiu. Para esta terça (28), a previsão indica risco de novo temporal.

Segundo a Defesa Civil de SC, casas e galpões foram atingidos, mas não há registro de feridos ou desabrigados. O maior prejuízo ocorreu nas lavouras. De acordo com a Epagri, há danos nas plantações de fumo, soja e milho.

Leliani Valéria de Souza, gerente regional da Epagri em Rio do Sul, aponta que Imbuia e Dona Emma são as cidades mais afetadas. Imbuia amanheceu nesta terça (28) com 231 imóveis sem energia elétrica. É um número significativo para uma cidade com cerca de cinco mil habitantes. 

Já Dona Emma foi atingida pelo temporal com granizo pelo terceiro dia seguido, frisa Leliani.

Em Imbuia árvores inteiras foram arrancadas. A comunidade do Alto Garrafão está entre as mais afetadas. A prefeitura chamou os funcionários que estavam de férias para ajudar a desobstruir as ruas boqueadas por troncos e galhos. 

Não há desabrigados, mas casas foram destelhadas. O maior prejuízo, que ainda é contabilizado, está no campo.

Conforme o coordenador regional da Defesa Civil em Rio do Sul, João Henrique Sabino, Agronômica e Aurora também contabilizam os estragos, sobretudo nas plantações de tabaco e milho. 

O secretário de Agricultura de Aurora, Almir Serafim, acrescenta que na cidade também há danos nas lavouras de cebola. As localidades mais atingidas são Ribeirão Elias, Strey, Santa Tereza e São Martinho. Os valores das perdas estão sendo calculados.

Segundo levantamento da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), mais de 1,5 mil produtores de tabaco perderam total ou parcialmente as plantações na última semana por causa do granizo.

Em Rio do Sul, na região central da cidade, a quantidade de granizo chamou a atenção. 

 

Por Santa / NSC Total

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo