Técnicos dos EUA começam a avaliar problema do radar de Lontras

Técnicos dos EUA começam a avaliar problema do radar de Lontras

Técnicos dos EUA começam a avaliar problema do radar de Lontras (Foto: James Tavares/Divulgação)

Eles chegaram na cidade na terça e investigam problema do equipamento.

Técnicos dos Estados Unidos estão em Lontras, no Vale do Itajaí, para analisar o que houve com o radar meteorológico instalado no município. Um deles é da empresa fabricante do equipamento e outro, das peças da máquina. Nesta quarta-feira (22), a Defesa Civil estadual aguardava uma avaliação dos profissionais norte-americanos, para saber o que causou o problema que resultou no desligamento do equipamento.

Segundo a Defesa Civil estadual, no final de junho, o radas meteorológico de Lontras começou a apresentar inconsistências nas imagens e foi desligado preventivamente, pela segunda vez. O objetivo era evitar que peças queimassem pela segunda vez, já que o equipamento havia apresentado problemas em janeiro deste ano e foi necessário trocar peças.

Conforme a Defesa Civil, os dois técnicos chegaram a Santa Catarina na segunda (20) e estão desde terça (21) em Lontras. O secretário de Estado da Defesa Civil, Milton Hobus, fez uma visita ao local na terça, para ver o andamento dos trabalhos e aguarda avaliação dos técnicos.

Problemas pela segunda vez

Em 2 de julho de 2014, o radar meteorológico começou a funcionar oficialmente. Porém, parou de funcionar em 19 de janeiro de 2015. Ele ficou aproximadamente cinco meses inoperante por um problema na fonte de alimentação. Depois que as peças queimadas foram repostas por outras, compradas dos Estados Unidos, ele voltou a operar em 9 de junho deste ano.

Entretanto, em 24 de junho parou novamente, segundo a Defesa Civil. Na prática, em 2015, a ferramenta funcionou apenas cerca de 30 dias.

O radar possui cobertura de 77% sobre o território do estado. Ele tem capacidade de fazer leitura e varredura de até 400 quilômetros de raio em linha reta e leitura específica em 200 quilômetros de raio.

G1SC

 

Outras Notícias

PUBLICIDADE