Serviço de ambulâncias de Santa Catarina recebe 7 mil trotes por mês

Enviar no WhatsApp
Serviço de ambulâncias de Santa Catarina recebe 7 mil trotes por mês

Imagem Ilustrativa

Cerca de 10% das ligações mensais recebidas são mal intencionadas.

Entidade trabalha com projeto de conscientização nas escolas do estado.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Santa Catarina recebe 7 mil trotes por mês. Esse número equivale a 10% das ligações mensais, contabilizadas em 70 mil. A entidade trabalha com programas de conscientização em escolas para diminuir o número de brincadeiras de mau gosto.

Há dois anos, uma equipe recreativa vai a centros de ensino no estado para explicar como funciona o Samu. Em um bate-papo informal, os educadores ensinam como são as ambulâncias e a importância do serviço. Por último, toca-se na questão das ligações enganosas.

"A gente escuta muitos relatos das crianças como 'ah, eu já fiz trote, mas a agora não vou mais fazer porque eu sei das consequências", diz a educadora Fernanda Martins.  A média de trotes por dia é alta: 230 ligações. Segundo a entidade, crianças utilizam orelhões e celulares para fazer as chamadas.

Passar trote é crime. "Nós temos todos os números gravados. Eles ficam registrados no nosso sistema. Além de atrapalhar o andamento da ocorrência, as próximas ligações daquele registro perdem a credibilidade", diz a supervisora de planejamento da entidade Juliana Guaresi.

G1SC

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo