Semana do Aleitamento materno chama atenção para importância da Doação do leite humano

Mobilização no centro de Ituporanga teve o intuito de incentivar o aumento de doações

Muito mais que um alimento. Para os recém nascidos o leite materno representa todas as substancias necessárias para que ele se desenvolva. É no leite humano que se encontram  todas as proteínas, açúcares, gorduras, vitaminas e água que o bebê necessita para ser saudável.

Mas infelizmente nem todas as mamães conseguem amamentar seus filhos recém nascidos, principalmente quando prematuros. Nessas situações as instituições hospitalares contam com o apoio dos Bancos de Leite Humano. E graças às doações muitos bebes são salvos diariamente no país.

Em Ituporanga, o Hospital Bom Jesus (HBJ) conta com o Banco de Leite Humano a mais de 20 anos. Porem apesar de serem mais de duas décadas com o serviço disponível, é pouco as mães que fazem doações.  A estrutura muitas vezes fica ociosa, sendo possível atender apenas a demanda interna da instituição.

Com  o intuito de ampliar o número de doações, na Semana Mundial do Aleitamento Materno, na parceria entre profissionais do Hospital Bom Jesus (HBJ) e alunos da Escola Técnica Bom Jesus uma mobilização foi realizada, na tarde de terça-feira, 04, no centro de Ituporanga, na Praça Frei Gabriel.

Integrando a programação preparada para tratar sobre o assunto no Hospital Bom Jesus, profissionais e técnicos fizeram a entrega de materiais educativos e repassaram as orientações para quem transitava pelo centro da cidade. “Montamos uma tenta na praça, e durante a tarde quem passava pelo centro era abordado para receber as informações sobre a importância da doação do leite humano e orientar como pode ser feita a doação”, explicou Eduardo Hennemann, Enfermeiro Responsável pela maternidade do HBJ.

Para fazer a doação, as mamães com leite excedente recebem um kit apropriado para praticar a ordenha e também com as orientações sobre a forma correta de armazenar e fazer a doação. “Basta procurar o Hospital e demonstrar o interesse. Temos uma equipe de profissionais especializados para esclarecer qualquer dúvida”, ressaltou o enfermeiro.

O Banco de Leite Humano do Hospital Bom Jesus é um dos 215 espalhados em todo o país. Em Santa Catarina são apenas 15. Desde 2001, pelo incentivo a amamentação e pelo cuidado com os bebês o Hospital Bom Jesus é reconhecido como hospital Amigo da Criança, título concedido pelo  Ministério da Saúde e UNICEF.

Na quinta-feira, 06, o foco da programação da Semana Mundial do Aleitamento Materno será a palestra que vai realizada pelo Pediatra Doutor Ricardo Schumacher Amorim, com o Tema: A Importância do Aleitamento materno para a mãe que amamenta e para o bebê que mama.  A palestra será realizada, às 19 horas e vai integrar a programação do Curso de Gestantes.

A programação encerra na sexta-feira, 07, com a visitação a Escola Pedro Julio Miller, onde os alunos da Escola Técnica Bom Jesus vão tratar com os alunos o tema promovendo o aleitamento materno por meio da distribuição de material educativo.

Quais os benefícios do leite materno?

Com o leite humano, o bebê fica protegido de infecções, diarréias e alergias, cresce com mais saúde, ganha peso mais rápido, além de ficar menos tempo internado. O aleitamento materno também diminuiu o risco de doenças como hipertensão, colesterol alto, diabetes, obesidade e colesterol. A amamentação também reduz o peso da mãe mais rapidamente após o parto e ajuda o útero a recuperar seu tamanho normal, diminuindo o risco de hemorragia e de anemia após o parto. As chances de se adquirir diabetes ou desenvolver câncer de mama e de ovário também diminuem significativamente.

Uma série de evidências científicas mostra que o leite materno é capaz de reduzir em 13% as mortes por causas evitáveis em crianças menores de cinco anos, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). De acordo com a OMS e a UNICEF, cerca de seis milhões de crianças são salvas por ano devido ao aumento das taxas de amamentação exclusiva. Além disso, o leite materno tem tudo o que a criança precisa até os seis meses, inclusive água.

Como fazer a doação??

Toda mulher que amamenta é uma possível doadora de leite humano, basta estar saudável e não estar tomando nenhum medicamento que interfira na amamentação. Por isso, se você está amamentado e quer doar, procure o banco de leite humano mais próximo. Seu gesto significa a vida para uma criança.

Antes da coleta, é aconselhável que a doadora faça uma higiene pessoal, cobrindo os cabelos com lenço ou touca, usando pano ou máscara sobre o nariz e a boca, lavando bem as mãos e os braços, até o cotovelo, com bastante água e sabão. As mamas devem ser lavadas apenas com água e, em seguida, secadas com toalha limpa.

O leite deve ser coletado em local limpo e tranqüilo. O leite humano extraído para doação pode ficar no freezer ou no congelador da geladeira por até 10 dias. Nesse período, deverá ser transportado ao banco de leite humano mais próximo da sua casa. 

O recipiente mais indicado para armazenar esse leite são frascos de maionese, de vidro e com tampa plástica.

Authentica Comunicação Integrada/Sintonia 

 

Outras Notícias

PUBLICIDADE