Prefeitura de Imbuia adota turno único

Município pretende gerar economia com horário de atendimento diferenciado.

Enviar no WhatsApp
Prefeitura de Imbuia adota turno único

Foto: Arquivo/DAV

 

Economizar. Essa é a justificativa do prefeito João Schwambach (PMDB) em adotar turno único de atendimento na Prefeitura de Imbuia. A medida vai valer a partir da próxima segunda-feira (30).

Para o prefeito essa é uma tendência nas prefeituras da região. “A maioria dos municípios já estão fazendo esse turno único, e pra economizar vamos adotar aqui no nosso município também. Fizemos reuniões, conversamos com todos os setores para que o atendimento a população não seja prejudicado, é só questão de organização das pessoas”, justifica.

O turno único de atendimento só não será utilizado para a Secretaria de Saúde. As demais pastas, Secretaria de Obras, Secretaria de Agricultura, Secretaria de Educação e os setores ligados diretamente à administração no prédio da Prefeitura funcionarão das 7h às 13h. “Pedimos a compreensão de toda a população, em especial dos agricultores que precisam fazer as transações relacionadas aos blocos de notas, que se atentem a esse novo horário”, explica o prefeito.

Na área da saúde, também será adotado um novo horário de atendimento, porém nessa pasta, haverá a extensão do horário de funcionamento. “Conversando com as equipes que atendem no Posto de Saúde do Centro, conseguimos dividir as equipes de atendimento, e conseguimos fixar dois turnos: das 6h30 às 12h30 e das 12h30 às 18h30, vamos fazer 12h de atendimento pra população, facilitando o acesso para as pessoas”, explica.

Transporte escolar suspenso no período noturno

Também como forma de economizar, a administração do município de Imbuia decidiu suspender o transporte escolar no período noturno a partir de 2018. De acordo com o prefeito foi feito um levantamento e foi constato que o número de alunos é pequeno para que justifique que todos os ônibus estejam em circulação no período na noite.

“Queremos proporcionar o transporte escolar para quem precisa, mas não podemos circular com um veículo em comunidades distantes para levar apenas um aluno. É questão de economia e organização”, justifica o prefeito João Schwambach (PMDB).

Para tomar a decisão a administração se reuniu com a direção da E.E.B. Frei Manoel Philippi para ver da possibilidade de absorver os alunos nos demais períodos. “Antes de tomar a medida nos certificamos se havia vagas para esses alunos, nos turnos matutino e vespertino, já que no período noturno a escola atende apenas o Ensino Médio, e como são poucos os alunos, há dificuldade para fazer o remanejamento”, explicou.

O prefeito acrescenta que não vai haver perdas para os alunos, já que os mesmos continuarão usufruindo do transporte escolar. “É preciso apenas uma adequação. Os pais quando forem fazer a rematrícula, precisam ficar atentos a isso. E pedimos a compreensão para que os pais entendam que se trata de uma medida de economia”, comenta.

 

Por Adriane Rengel

Diário do Alto Vale 

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo