Precisando de mais espaço para ampliar atendimento APAE cogita construção de nova sede em Ituporanga

Enviar no WhatsApp
Precisando de mais espaço para ampliar atendimento APAE cogita construção de nova sede em Ituporanga

Reunião na Câmara de Vereadores antes da sessão na segunda-feira (03/6)- Foto: Divulgação

 

O excelente trabalho realizado diariamente nas Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAES de Santa Catarina eleva as instituições do Estado a serem referências para o Brasil. De acordo com dados das entidades catarinenses cerca de 500 alunos recebem alta anualmente das APAES, graças ao trabalho que busca sempre melhorar a qualidade de vida dos milhares de alunos.

A APAE de Ituporanga atende hoje mais de 80 alunos, cerca de 20 alunos a mais do que o registrado em 2015. São 67 alunos de Ituporanga, cinco de Chapadão do Lageado e nove do município de Petrolândia. Assim como toda instituição, a da Capital da Cebola também passa por problemas financeiros. Quem detalhou as dificuldades que a APAE de Ituporanga passa atualmente, falou dos trabalhos prestados e dos projetos futuros foi o senhor Júlio Cezar de Aguiar, diretor social e membro das Federações das APAES de Santa Catarina. Aguiar utilizou o espaço cedido na tribuna da câmara, na última segunda-feira (03) para explicar a necessidade da ampliação da estrutura física da APAE de Ituporanga.

O diretor social comentou que esteve reunido também na segunda-feira (3) com o prefeito de Ituporanga Osni Francisco de Fragas (Lorinho) para a entrega de alguns pedidos de auxilio para a administração municipal. Aguiar fez questão de destacar que a APAE de Ituporanga precisa de mais espaço para que possa receber novos equipamentos, inclusive um que já ajudou centenas de cadeirantes voltarem a andar. “Nós temos hoje equipamentos de primeiro mundo. Nós temos em Santa Catarina um equipamento que já fez mais de 400 alunos andarem. São mais de 400 ex-cadeirantes. Lamentavelmente esse equipamento ainda não pode ser usado aqui na APAE de Ituporanga, pois aqui não existe espaço”, explicou Júlio Cezar.  

A estrutura da APAE de Ituporanga recentemente recebeu melhorias. Novas salas foram construídas e que ainda necessitam de mobília. Mas, ainda assim, a sede da Capital da Cebola precisa de mais espaço. Durante o encontro com o prefeito Lorinho, o diretor social da APAE disse que os dois conversaram sobre a possibilidade de uma parceria entre a instituição e o município para a construção em outro local de uma nova estrutura em Ituporanga. “Em conversa com o prefeito, ele prontamente nos disse: "vou estudar sim um terreno pra vocês, e nos cobrou. E seu eu der o terreno, a APAE constrói? Eu disse com certeza prefeito. Nós temos o espaço que pode ser vendido, parceiros que a gente pode estar buscando país a fora. Nós precisamos de espaço para fazer o melhor para os nossos alunos”, ressaltou Aguiar.

O presidente da Câmara de Vereadores de Ituporanga Adriano Coelho (PP) se pronunciou dizendo que a APAE tem um déficit mensal grande e que a direção da instituição fez uma solicitação ao poder legislativo para que repassasse uma economia da câmara em torno de R$ 10 mil para a APAE, e que esse valor juntamente com o recurso que já é repassado pela administração municipal mensalmente e com o aumento solicitado pelos vereadores a somatória chegaria em torno de 20 a 25 mil reais por mês, o que atenderia a expectativa da APAE.

Antes de iniciar a sessão ordinária os vereadores de Ituporanga se reuniram para conversar sobre o assunto e o apoio ao repasse do recurso por parte da câmara foi aprovado por todos os vereadores. Adriano Coelho apenas esclareceu que a Câmara de Vereadores não pode repassar o dinheiro diretamente para a APAE, e precisa da aprovação da administração municipal. “Foi unanime entre todos os vereadores o apoio, mas não nos cabe vincular esses recursos por força da lei, tem que ser partida do executivo. Então conta com o apoio da câmara. Agora aguardamos a sensibilidade do prefeito, e convence-lo nesse sentido, que a câmara com certeza fará a destinação do dinheiro sem dúvida nenhuma”, finalizou Coelho.

 

Aumento de repasse para a APAE

Preocupados e cientes das dificuldades que enfrenta a APAE de Ituporanga os vereadores apresentaram durante a sessão da última semana uma indicação solicitando que a administração municipal aumente os recursos destinados à instituição de R$ 5.000,00 para R$ 25.000,00 por mês.

Parte do texto que sugere o aumento de recursos para a instituição descreve que a missão da APAE consiste em atender o indivíduo com necessidade educacional especial e sua família, oferecendo uma melhor qualidade de vida por meio de um apoio efetivo e amigo, fazendo com que os alunos sejam incluídos num convívio social e tenham a devida assistência.

A indicação foi assinada por todos os vereadores.

 

Por Assessoria de Comunicação

Câmara de Vereadores de Ituporanga

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo