Policia Militar não fará mais a segurança do Presídio Regional de Rio do Sul a partir de Agosto

A partir de agosto o Presídio Regional de Rio do Sul não vai poder contar com os dois policiais militares que ajudavam a fazer a segurança do local 24 horas por dia.

O comunicado foi feito pelo comandante do 13º Batalhão, o Tenente Coronel Dionisio Tonet, através de um oficio entregue a direção da unidade na segunda-feira.

Segundo Tonet, desde 2009 uma lei complementar já definiu que a segurança no local é uma atribuição do Departamento de Administração Prisional (Deap).

De acordo com o chefe de segurança do presídio, Rodrigo dos Santos Ribeiro, que responde interinamente pela unidade enquanto o diretor Nei Feuzer está de férias, a retirada dos policiais militares não vai prejudicar a segurança no local.

Ele destaca que o presídio recebeu do Estado mais dois vigilantes e eles serão remanejados para a guarita onde antes ficavam os PM's.

Outras Notícias

PUBLICIDADE