Polícia frustra roubo a caixa eletrônico em Governador Celso Ramos

O comando da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC) dará uma coletiva na manhã desta segunda-feira para informar sobre ação policial ocorrida na madrugada deste domingo em Governador Celso Ramos, na Grande Florianópolis. Do tiroteio entre policiais e suspeitos resultaram cinco mortos e um preso. 

quadrilha que teria chegado de barco, saído de Tijucas, pretendia explodir caixas eletrônicos de uma agência bancária. A polícia, porém, soube do plano antes da execução.

Na entrevista, marcada para as 10h na sede da DEIC, deve ser explicado como a ação foi planejada, o que foi apreendido entre os bandidos e como armas levadas de uma Delegacia de Polícia, em Florianópolis, foram parar com a quadrilha.

Dos cinco suspeitos, três foram identificados até as 17h deste domingo: Schangay Jonas da Silva, 27 anos, Átila Jorge Júnior Machado da Silva, 30, e Gerson Gauze Jr, 27. Janildo Rosa, que não teve a idade revelada, foi preso. Um outro teria conseguido escapar.

Pelo menos um dos mortos, Átila Jorge Machado da Silva, esteve preso em São Pedro de Alcântara. Em uma inspeção da corregedoria, em 5 de fevereiro do ano passado, o detento pediu remissão da pena. Conforme a polícia todos os envolvidos eram considerados violentos e teriam participação em outros crimes.

Diário Catrinense/Sintonia

Outras Notícias

PUBLICIDADE