Petrolândia se recupera de enxurrada

Enviar no WhatsApp
Petrolândia se recupera de enxurrada

Foto: Divulgação

 

O município de Petrolândia sofreu com a última enxurrada que aconteceu no último dia de março deste ano. Pelo menos 180 milímetros foram registrados em algumas localidades, entre elas, as mais afetadas foram Serra Grande e Rio de Dentro. Em menos de duas horas, a chuva acumulada danificou várias estradas, entupiu bueiros e estragou residências. “Nós tivemos em torna de 180 mm de chuva, em algumas comunidades em Petrolândia, e já foi decretado situação de emergência, já houve a visita dos técnicos, e protocolamos agora na Defesa Civil, para esperar um reconhecimento do Estado”, explicou o prefeito de Petrolândia, Joel Longen (PSD).

Alagamentos e deslizamentos também foram registrados durante a chuva. O evento acontecido foi bastante grave, cinco bueiros e cinco pontes ficaram danificadas e ficaram sem passagem, pois devido à quantidade da chuva em um curto espaço de tempo não teve mais capacidade de escoamento da água em alguns locais.

De acordo com o prefeito, o transporte escolar estava comprometido e aproximadamente 20 famílias estavam isoladas e sem poder se deslocar. “Estamos trabalhando na restruturação. Esta é a terceira semana de trabalho, conseguimos avançar bastante, temos acesso à todas as pessoas. Nós tínhamos cerca de 20 famílias que ficaram sem acesso e já conseguimos reestruturar isso”, completou o prefeito.
O executivo no setor de obras e agricultura da cidade que antes trabalhava em turno único (das 7h às 13h) passou a executar as tarefas em turno integral com a intenção de resolver os estragos que a chuva causou o quanto antes.

Entre as atividades realizadas de macadamização e serviços de parolagem, outras localidades que ainda não receberam manutenção nas estradas rurais deveram ser melhoradas nas próximas semanas.

O prefeito aguarda agora recursos do Estado para dar andamento na recuperação dessas duas comunidades. “A gente agora espera o reconhecimento do Estado pra que ele possa aportar algum recurso, e a gente também encaminha para o Federal, algumas pontes que necessitam ser melhoradas para que isso não volte a acontecer. Por que eram pontes menores e é preciso elevar pra que num futuro próximo possamos também dar mais segurança à essas comunidades”, concluiu o prefeito.

 

Por Elisiane Maciel

Diário do Alto Vale

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo