Pessoas abrigadas podem voltar para suas casas em Rio do Sul

Ao todo, 141 pessoas tiveram que deixar seus imóveis devido a ameaça de alagamento.

Pessoas abrigadas podem voltar para suas casas em Rio do Sul

Fotos: Divulgação

Após reunião na manhã desta quinta-feira (1º de outubro), entre a Defesa Civil de Rio do Sul e a Secretaria de Assistência Social e Habitação do município, ficou definido que as pessoas que estão em abrigos disponibilizados pela prefeitura, podem retornar as suas residências.

De acordo com Teodoro da Silva, diretor da Defesa Civil municipal, a autorização foi dada devido a previsão de pouca chuva para os próximos dias, com índices pluviométricos acumulados de 40 milímetros até domingo. “Desde domingo acompanhamos os cenários meteorológicos que apontam para estas pancadas de chuvas isoladas, que não deverão influenciar no nível do rio”, explica.

A decisão também foi embasada no escoamento da água represada na barragem Sul, em Ituporanga, que se encontra com as cinco comportas abertas, e baixando cerca de 15 centímetros por hora. “É fundamental garantirmos o esvaziamento dessa represa, para que num evento futuro possamos garantir a margem de manobra das comportas. Além disso, temos que agradecer o bom trabalho realizado pela Secretaria de Estado de Defesa Civil no gerenciamento das barragens”, afirma Teodoro.

Pelo menos 28 famílias, num total de 141 pessoas, foram abrigadas no Pavilhão do Lions Clube Rio do Sul Bela Aliança, no bairro Progresso e nos salões paroquiais da comunidade Evangélica e Católica do bairro Bela Aliança.

Assessoria de Imprensa Prefeitura de Rio do Sul

Outras Notícias

PUBLICIDADE