Nível do rio Itajaí-Açu baixa aos poucos em Rio do Sul no Alto Vale

Nível do rio Itajaí-Açu baixa aos poucos em Rio do Sul no Alto Vale

No total, 504 pessoas estão nos oito abrigos da cidade (Foto: Rafael Beling - Assessoria de Imprensa de Rio do Sul / Divulgação)

Segunda-feira de sol traz alívio aos moradores das áreas mais baixas

Nesta segunda-feira, aos poucos, o rio Itajaí-Açu, em Rio do Sul, vai baixando. Na medição das 9h, o nível era de 8,97 metros. Desde a última quarta-feira, choveu 153 mm na região e o rio Itajaí-Açu alcançou o pico de 9,42 metros às 10h deste domingo. Já o rio do Oeste, que alcançou o pico de 9,28 metros, estava em 9,07 às 9h.

Nesta manhã, as cinco comportas da barragem de Ituporanga permanecem abertas. Em Taió, das sete comportas, mais uma foi aberta às 8h, totalizando cinco abertas e duas fechadas.

De acrodo com a Defesa Civil, cinco municípios foram mais atingidos na região: Taió, Rio do Sul, Rio do Oeste, Laurentino, Lontras e Agronômica. A orientação é para que as pessoas permaneçam nos abrigos até que a situação se normalize por completo no município.

Oito abrigos permanecem ativos na cidade. O levantamento da Secretaria de Obras e da Assistência Social e Habitação de Rio do Sul aponta que 132 famílias foram afetas pela cheia, um total de 504 pessoas. A Secretaria de Estado de Defesa Civil encaminhou ao município 150 cestas básicas, três mil litros de água potável, 300 colchões, 600 kits de higiene pessoal e 150 kits de limpeza. A secretária de Assistência Social e Habitação, Cláudia Mara Fronza da Silva, recomenda que as doações sejam encaminhadas à sede da Secretaria, localizada na rua Rocha Pombo, 95, Eugênio Schneider. 

Rodovias

De acordo com a Defesa Civil de Taió, o acesso aos municípios de Salete, Rio do Campo e Pouso Redondo está normalizado. Para os motoristas que tem como destino  Mirim Doce, o acesso deve ser feito pela BR-470 em Pouso Redondo. Para Rio do Oeste, via Ribeirão Pinheiro, o acesso está interditado.

Aulas

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Rio do Sul, quatro escolas foram atingidas pelas cheias e outras quatro ficaram isoladas. Nesta segunda-feira não haverá aula nos Centros de Educação Infantil (CEIs) Dea Bornhausen, no Bela Aliança, Titio Karan e Pedro dos Santos, no Canoas, Sebastião Back, no Santana, Tia Bea, no Taboão, Centro de Educação Infantil Prefeito Luis Adelar Soldatelli (Ceplas) e Arvino Gaerner, na Barragem e o Roberto Machado, no bairro Progresso, que serviu como depósito para móveis de outras unidades. 

Principais bairros atingidos 

Barra do Trombudo 
Barragem 
Pamplona 
Bremer 
Taboão 
Bela Aliança 
Santa Rita 

Abrigos abertos nos bairros: 

Bela Aliança 
Taboão 
Rainha 
Barragem 
Progresso 
Canta Galo 
Laranjeiras 

Onde e o que doar 

Sede da Secretaria de Assistência Social e Habitação 
Rua Rocha Pombo, 95, Eugênio Schneider 

- Leite longa vida 
- Água potável 
- Fraldas infantis 
- Alimentos não perecíveis 
- Produtos de higiene pessoal 
- Produtos de limpeza

JORNAL DE SANTA CATARINA

Outras Notícias

PUBLICIDADE