Município de Rio do Sul apresenta Plano de Ajuste Orçamentário

Com as medidas, que incluem a redução dos salários do prefeito e do vice, o município pretende economizar cerca de R$ 40 milhões até o fim de 2016

Município de Rio do Sul apresenta Plano de Ajuste Orçamentário

Foto: Divulgação

O prefeito de Rio do Sul, Garibaldi Antônio Ayroso, o Gariba, apresentou na manhã desta segunda-feira (14), parte do Plano de Ajuste Orçamentário, que deverá vigorar até 31 de dezembro de 2016. A intenção é diminuir o impacto da crise, que resultou na redução de repasses do Governo Federal e Estadual ao município, a diminuição na arrecadação municipal e o aumento de insumos básicos como energia, água e combustíveis, afetando diretamente o orçamento para o exercício administrativo de 2016.

De acordo com Gariba, as medidas de contenção são adotadas desde o início de 2013 e estão sendo intensificadas desde o segundo semestre de 2015. “Neste momento temos que priorizar e garantir a prestação de serviços básicos à comunidade, portanto, decidimos reduzir o salário do prefeito e do vice-prefeito em 20%. Além disso, haverá uma redução de 10% de forma linear no salário de todos os comissionados”, destaca. Está previsto também, a redução de cerca de 10% dos cargos comissionados. Estas medidas devem resultar em uma economia de aproximadamente R$ 2 milhões até o fim de 2016.

Com a não nomeação de 28 cargos comissionados, o município vem economizando desde 2013 cerca de R$ 1,5 milhão ao ano. “Temos cargos de primeiro escalão, como por exemplo o de Procurador-Geral do Município, que não foram ocupados justamente com objetivo de economizar. Estas medidas serão mantidas e ampliadas até o fim de nossa gestão”, explica o prefeito. As atividades atribuídas a estes cargos não nomeados foram absorvidas por servidores públicos efetivos.

Mesmo com os ajustes, obras importantes para população estão com recursos garantidos e serão continuadas, como por exemplo, as seis novas Unidades Básicas de Saúde, a revitalização da rua Rui Barbosa, a conclusão da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e do Parque Integrar.

O Plano de Ajuste Orçamentário contempla também a redução de diárias e horas extras, o uso de telefones celulares, a revisão de todos os contratos de prestação de serviço, corte de recursos próprios em novos investimentos e a reestruturação administrativa. A expectativa do município é economizar R$ 40 milhões até o fim de 2016.

Assessoria Prefeitura de Rio do Sul

Outras Notícias

PUBLICIDADE