Liberação do FGTS poderá ser solicitada em Rio do Sul

Mutirão de atendimentos começa na próxima semana na Capital do Alto Vale.

Enviar no WhatsApp
Liberação do FGTS poderá ser solicitada em Rio do Sul

Foto: Diário do Alto Vale / Reprodução

 

A partir da próxima segunda-feira (21), os rio-sulenses que foram atingidos pela enchente de junho deste ano poderão solicitar a liberação do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). De 21 a 25 de agosto, um mutirão será realizado pela Prefeitura de Rio do Sul, no salão da comunidade do Divino Espírito Santo, localizado na rua José Bonifácio, no bairro Canoas. Os atendimentos, que serão feitos das 9h às 16h, têm como objetivo encaminhar a documentação da população prejudicada à Caixa Econômica Federal do município.

Os atendimentos serão divididos por bairro, e para ter direito ao benefício, é necessário que a pessoa tenha morado em um dos locais que foram atingidos pelas cheias. “As pessoas têm que ir pelo bairro em que elas estavam morando na época da enchente. É bom a gente reforçar que tem que ser na enchente, não no local que elas estão morando agora, porque algumas pessoas se mudaram”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico de Rio do Sul, Paulo Fiamoncini. A lista completa das ruas afetadas pode ser conferida no site da Prefeitura, através do endereço riodosul.atende.net.

De acordo com Fiamoncini, pelo menos 25 pessoas estarão trabalhando no mutirão, e auxiliando os rio-sulenses no pedido de liberação do FGTS. Para que o requerimento seja efetuado, as pessoas atingidas devem separar documentos originais e cópias do RG, comprovante de residência, carteira de trabalho e cartão da Caixa (caso sejam correntistas). No caso do comprovante de residência, só serão aceitos os que foram emitidos entre fevereiro e maio de 2017, o que corresponde a 120 dias antes da decretação da emergência.

O secretário de Desenvolvimento Econômico explica que quem não comparecer ao mutirão na próxima semana perderá o direito ao benefício. Por isso, é importante que as pessoas fiquem atentas ao cronograma de atendimentos do seu bairro. “Tem que realmente comparecer neste dia, quem não comparecer perde a oportunidade de estar retirando [o FGTS]”, declara Fiamoncini.

Segundo a Caixa Econômica Federal, ainda não há previsão para o pagamento do Fundo de Garantia. Nesse primeiro momento, apenas serão feitos os pedidos e a análise das solicitações. Mesmo assim, de acordo com Fiamoncini, a notícia da liberação do FGTS já representa uma movimentação maior na economia do município. “Isso vai aquecer o comércio local aqui da nossa cidade, são recursos que com certeza vão aquecer as nossas vendas, isso é bastante importante para todos os segmentos, então é um bom valor, bastante interessante para a gente”, conclui o secretário.

 

Por Carolina Ignaczuk

Diário do Alto Vale 

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo