Laudo confirma que Katlyn Dias morreu em decorrência de um traumatismo craniano

Laudo confirma que Katlyn Dias morreu em decorrência de um traumatismo craniano

Foto: Rafaela Martins/Agencia RBS

O laudo do Instituto Médico Legal (IML) confirmou que a jovem Katlyn Dias morreu em virtude de um traumatismo craniano causado por pedradas. Foram constatados vários traumas faciais e um trauma craniano.

O documento já foi encaminhado para a Delegacia da Mulher de Rio do Sul, que auxilia na investigação do crime. Katlyn foi morta na última terça-feira em Pouso Redondo.

De acordo com o delegado Paulo Caixeta, da Polícia Civil de Trombudo Central, o celular dela foi encontrado na mesma região onde estava o corpo, conhecida como Carrapato. O aparelho passará por perícias nos próximos dias.

— Iremos buscar as conversas entre os dois (vítima e suspeito) nos celulares para que possamos determinar a motivação do crime — antecipou o delegado responsável pelo caso, Paulo Caixeta.

Os familiares e amigos da vítima devem ser ouvidos nos próximos dias. Lucas Bornhausen, 19 anos, que confessou a autoria do crime, permanece no Presídio Regional de Rio do Sul. A motivação do assassinato teria sido passional.

Jornal de Santa Catarina/Sintonia

Outras Notícias

PUBLICIDADE