Homem acusado de matar pai e filho em Agrolândia em 2020 é absolvido em júri popular

Julgamento foi realizado nesta quarta-feira (31) em Braço do Trombudo.

Enviar no WhatsApp
Homem acusado de matar pai e filho em Agrolândia em 2020 é absolvido em júri popular

Foto: Reprodução Internet

 

Nesta quarta-feira (31) Mário Maas foi a júri popular em sessão realizada na Câmara de Vereadores de Braço do Trombudo. Ele foi julgado pelos homicídios de Alciro e Joacir Biancatti, pai e filho que foram mortos a tiro em Agrolândia há pouco mais de dois anos.

Mário Maas foi absolvido. O júri entendeu que ele agiu em legítima defesa. Os detalhes do júri não serão divulgados.

A sessão teve início às 9h e terminou à tarde.

 

O caso

O crime ocorreu na localidade de Três Barras em Agrolândia, na serraria de propriedade da família no dia 06 de abril de 2020. O empresário e ex-vereador, Alciro Biancati de 65 anos e seu filho Joacir Biancati, de 45, foram mortos na frente do local de trabalho. Os corpos estavam do outro lado da rua da empresa.

O autor do crime, se apresentou no dia seguinte alegando legítima defesa. Ele ficou preso por cerca de 45 dias e foi liberado após revogação da prisão preventiva.

 

Por Rádio Sintonia com informações do MPSC

 

*Júri Popular

No Brasil, júri é o tribunal em que cidadãos, previamente alistados, decidem sobre a culpabilidade ou não dos acusados, acerca de crimes dolosos contra a vida. É composto por um juiz de direito, e mais 25 jurados sorteados.

A função do júri popular é determinar se o crime em questão aconteceu, e se o réu em questão é responsável pelo crime (caso tenha acontecido). Se houver resposta positiva para as duas perguntas, há uma terceira decisão: se o réu participante do crime deve ou não deve ser absolvido.

 

Fonte: Wikipédia

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo