Governo já teria decidido manter IPI reduzido para veículos

Governo já teria decidido manter IPI reduzido para veículos

Vendas de carros novos teriam caído 7,2% em maio, em comparação com 2013 (Foto: Fernanda Ramos / especial)

Alíquotas voltariam aos valores normais na terça-feira. Decisão publicada hoje no DOU reduz impostos sobre medicamentos

Diante da redução nas vendas de veículos novos, o que estaria causando demissões em montadoras e fábricas de autopeças no Sudeste, o governo já teria decidido manter o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) reduzido, conforme reportagem publicada hoje no jornal Valor Econômico. O retorno total das alíquotas estava marcado para a próxima terça-feira, 1º de julho.

Desde janeiro, parte do percentual de IPI que incide sobre os veículos zero km vendidos no país tinha aumentado. Outra alta estava prevista para esta terça-feira, retornando aos valores habituais.

No começo de junho, o ministro da Fazenda Guido Mantega afirmou que o governo decidiria sobre o fim da redução do IPI "na véspera", ou seja, o anúncio oficial da manutenção das alíquotas reduzidas seja feito na segunda-feira.

Medicamentos ficarão 2,5% mais baratos

Foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira decreto que isenta da cobrança de PIS-Cofins sobre 173 substâncias usadas na fabricação de medicamentos. Com isso, remédios de tarja preta e vermelha ficarão 2,5% mais baratos nas farmácias, para o consumidor. Estão na lista antibióticos, vacinas contra a cólera e varicela e medicamentos contra a impotência sexual.

DIÁRIO DE SANTA MARIA

Outras Notícias

PUBLICIDADE