Governo federal autoriza início de estudos para concessão de três rodovias de Santa Catarina

Governo federal autoriza início de estudos para concessão de três rodovias de Santa Catarina

Trecho da BR-101 Sul está dentro das estradas que serão concessionadas (Foto: Marco Favero / Agencia RBS)

Documentos foram publicados no Diário Oficial da União desta quarta-feira

A partir desta quarta-feira, está autorizado o início dos estudos para concessão de três rodovias federais de Santa Catarina à iniciativa privada. Empresas e consórcios vão iniciar os levantamentos das BRs 101, 170, 280 para que sejam dadas as diretrizes que a concessionária vencedora da licitação deverá cumprir assim que assumir a gestão dos trechos.

Na BR-101, o edital prevê os estudos no trecho Sul da rodovia. O levantamento prevê a concessão no espaço que vai da ponte da Rio Madre, no limite entre Paulo Lopes e Palhoça, até a divisa de Santa Catarina com o Rio Grande do Sul. Ao todo, 36 empresas e consórcios vão participar da análise da estrada.

Enquanto isso, no trecho da BR-470, a concessão vai de Navegantes à divisão de Santa Catarina com o Rio Grande do Sul, em Campos Novos, e a análise será feita por28 empresas e consórcios. A região entre os entroncamentos das BRs 282 e 153, também na BR-470, também está dentro dos estudos para concessão.

O terceiro trecho que teve os levantamentos autorizados é da BR-280, entre o Porto de São Francisco do Sul e a divisa entre Santa Catarina e Paraná, em Porto União. Vão participar dos estudos 29 empresas e consórcios.

O prazo para o final dos levantamentos, segundo o Ministério dos Transportes, é seis meses. Depois disso, o governo federal fará audiências públicas e lançará o edital para as empresas interessadas nas concessões.

Concessão no Oeste na fase de audiências

O concessão dos trechos da BR-153 e BR-282 entre o Oeste e Meio-Oeste deve ser iniciada em abril de 2016. O anúncio foi feito pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) na semana passada em audiência pública realizada em Chapecó. A previsão do início da cobrança do pedágio, contudo, é somente para o segundo semestre de 2017, após a duplicação de 10% das rodovias. 

O processo de concessão das rodovias do Oeste está em fase de audiências públicas.

Diário Catarinense 

 

Outras Notícias

PUBLICIDADE