Governo de Santa Catarina elabora novo decreto estadual de emergência

Enviar no WhatsApp

Segundo a Defesa Civil, documento deve ser publicado no Diário Oficial do Estado na quinta-feira

Três dias depois de ter parado de chover, 37 cidades ainda estão com situação de emergência decretada. Segundo dados da Defesa Civil, o número de desalojados já é de 43.790 pessoas e 7.298 estão desabrigados. O momento é de avaliar quais são as medidas necessárias para que a vida dos catarinenses volte ao normal o mais rápido possível.

Nesta quarta-feira, o governador de Santa Catarina Raimundo Colombo está emXanxerê e participa de uma reunião com os prefeitos de cerca de 40 municípios doOeste. Junto com o secretário da Defesa Civil, com secretários regionais e o Corpo dos Bombeiros, eles definem quais serão os próximos passos para os atingidos pela chuva.

Durante a reunião, o secretário da Defesa Civil de SC Rodrigo Moratelli informou que o governo estadual está elaborando um novo decreto de emergência, que deverá ser publicado em Diário Oficial do Estado na quinta-feira. A partir desse decreto, os municípios atingidos – que já são 53 – terão mais facilidade para acessar recursos federais e também para contratar obras de recuperação.

A liberação de verbas será feita em duas etapas: uma emergencial, com recursos do Estado, que é destinada a obras que possam ser realizadas em até 30 dias – como a recuperação de uma pequena ponte, por exemplo –, e outra com apoio do governo federal.

O governo do Estado pediu que as prefeituras façam levantamentos dos estragos (com laudos, fotografias e relatórios) e encaminhem esses documentos até quinta-feira. Depois de revisão de técnica, esses dados devem ser anexados aos relatórios que serão enviados ao governo federal.

Na próxima quarta-feira, dia 9 de julho, Colombo deve se reunir com representantes dos ministérios das Cidades, da Integração Nacional e do Planejamento para buscar recursos para as ações necessárias após o período emergencial. A reunião já estava agendada por conta das chuvas que atingiram o Norte de Santa Catarina no início de junho e o governo estadual pretende tratar dos problemas vividos pelos catarinenses nos dois momentos.

DIÁRIO CATARINENSE

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo