Filha morre ao ser jogada pela mãe em açude em Santa Catarina

Sirlene das Graças de Souza, de 43 anos, matou a filha na manhã deste domingo (05), na localidade Mato Escuro, no município de Palmeira. A vítima, Tatiane Coelho, de 25 anos era cadeirante, deficiente física e mental, ela foi jogada em um açude pela mãe.

Sirlene confessou o crime e contou aos policiais militares que queria matar sua filha e se suicidar em seguida, por isso se jogou dentro do açude junto com Tatiane. Depois de perceber que a filha estava quase morta, ainda buscou ajuda com alguns moradores próximos. 

O crime aconteceu por volta das 8 horas da manhã, quando o marido de Sirlene e pai de Tatiane havia ido até o colégio da localidade para votar. Quando retornou para casa encontrou a filha já sem vida. 

O homem declarou a Polícia Militar (PM), que a esposa sofria de depressão e fazia uso de diversos medicamentos. 

O local foi isolado e o Instituto Geral de Perícia (IGP) retirou o corpo do açude para autópsia. 

Sirlene foi presa em flagrante e encaminhada até à Central da Polícia Civil em Otacílio Costa. 

Correio Lageano/Polícia Militar de Palmeira

Outras Notícias

PUBLICIDADE