Fatma libera cinco licenças para pequenas usinas hidrelétricas

Fatma libera cinco licenças para pequenas usinas hidrelétricas

Fatma já emitiu 19 licenças para empreendimentos de energia limpa (Foto: Janaína Mônego / SDR Xanxerê)

Unidades de Angelina, Herval Velho e Taió já podem gerar energia; em Água Doce e Concórdia, obras de construção foram autorizadas

A Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina (Fatma) emitiu nesta semana mais cinco licenças para pequenas centrais hidrelétricas (PCHs) e centrais geradoras de energia (CGHs).

As usinas de Barra Clara, em Angelina, Spessato, de Herval Velho e a central Erna Heidrich, de Taió, receberam a Licença Ambiental de Operação (LAO), que permite o início da geração de energia. A PCH das Pedras, de Água Doce e a CGH Pinhal, de Concórdia, receberam a Licença Ambiental de Instalação (LAI), que autoriza o começo das obras. Juntas, as cinco usinas podem gerar 10,99 MW, suficiente para abastecer mais de 80 mil pessoas. 

Desde que o programa do Governo do Estado, SC+Energia, foi lançado há pouco mais de um mês, a Fatma emitiu 19 licenças para empreendimentos de energia limpa. O programa prevê uma série de medidas que incentiva o investimento em energias alternativas, limpas e renováveis, como PCHs, Centrais Geradoras Hidrelétricas (CGHs), eólicas, solar e biomassa.

Capacidade instalada dos empreendimentos que receberam licenças:

PCH Barra Clara, Angelina — 1,54 MW
CGH Erna Heidrich, Taió — 0,75 MW
PCH das Pedras, Água Doce — 5,6 MW
PCH Spessato, Herval Velho — 2,4 MW
CGH Pinhal, Concórdia — 0,70 MW

Diário Catarinense 

Outras Notícias

PUBLICIDADE