Estudo do Ibope Media revela que rádio é considerado um amigo para o brasileiro

O Instituto Ibope Media divulgou novo estudo sobre as referências que os consumidores têm com relação aos meios de comunicação no país. Segundo o levantamento denominado Antropomedia, se o rádio fosse uma pessoa, ele seria considerado como um amigo, pois está sempre por perto e representa distração e companhia. Outros meios, como a TV, a revista e a internet também tiveram comparações.
 
O estudo Antropomedia também pesquisou o motivo pelo qual se ouve rádio. Dos pesquisados, 41% ouvem rádio por causa do entretenimento. Já 49% ligam o rádio para ficarem informados sobre as notícias do dia e também sobre os acontecimentos factuais, já que o rádio tem a capacidade de informar instantaneamente.
 
Sobre “onde e quando” as pessoas costumam ouvir o rádio, 74% disseram que ouvem rádio quando estão em casa. Já 26% consome a mídia no carro. Desses, 77% na parte da manhã. Outros 12% no trabalho (a maioria no período da tarde) e 6% acompanham a programação das emissoras dentro do transporte público.
 
Sobre outros veículos pesquisados, o estudo mostrou que as pessoas consideram o jornal como um professor, a revista como a celebridade, a TV como a família, a internet como a namorada e o aparelho de telefone celular como um item indispensável. Os resultados foram reunidos em um artigo, assinado pela diretora de Learning & Insights do instituto, Juliana Sawaia.
 
Fonte: Tudo Rádio.com

Outras Notícias

PUBLICIDADE