Escola de Atalanta é premiada em Programa desenvolvido pela Epagri. No estado foram 10 as escolas que foram premiadas

Escola de Atalanta é premiada em Programa desenvolvido pela Epagri. No estado foram 10 as escolas que foram premiadas

Foto: Neiva Daltrozo / Secom

Dez escolas catarinenses receberam o Prêmio Epagri “Escola Ecologia Márcia Mortari” nesta terça-feira, 2, no Teatro Pedro Ivo, em Florianópolis. O reconhecimento é concedido às unidades de ensino que promovem a troca de experiências dos trabalhos desenvolvidos em Educação Ambiental, envolvendo áreas rurais, pesqueira e indígena.

O evento conta com o apoio financeiro do Programa SC Rural e vem incentivar, ampliar e criar novas oportunidades em ações educativas que favoreçam a recuperação, preservação e a proteção dos ecossistemas, das diversas culturas e saberes locais visando à construção de sociedades sustentáveis e colaborativas.

O evento é realizado pela Epagri em parceria com a sociedade civil. A solenidade de premiação das 10 escolas contou com a participação de alunos, professores, extensionistas, comunidade e parceiros.

Foram premiadas as seguintes escolas:

- Escola Municipal Educação Fundamental Vila Gropp de Atalanta, com o projeto “Promovendo Transformações com Pequenas Ações”

- Escola Isolada Estadual de Ensino Fundamental FEN’NÓ de Chapecó, com o projeto “Buscando Equilíbrio no Toldo Chimbangue”

- Escola Básica Municipal Waldomiro Liessen de Ipiera, com o projeto “Bosque Integrado Comunidade e Escola”

- Escola Municipal de Educação Básica Vereador Paulo Reis de Itapema, com o projeto “Mais Vida Ecologia”

- Escola de Educação Básica Roberto Schütz de Rancho Queimado, com o projeto “Escola em Movimento pela Sustentabilidade do Planeta”

- Escola Básica Municipal Maria Aparecida Nunes de São Bento do Sul, com o projeto “Educar para Bem Viver”

- Escola Básica Municipal Cedrense de São Joaquim, com o projeto “A Agroecologia e a Escola Caminhando Juntos na Preservação Ambiental”

- Escola Municipal de Ensino Fundamental de Saudades, com o projeto “Preservar para Não Faltar”

- Centro Educação Municipal Professora Nair Formentin Silva de Treze de Maio, com o projeto “Da Escola para a Vida: Pequenas Atitudes, Boa Colheita”

- Centro de Educação Básica Eginolf Bell de Trombudo Central, com o projeto “Cuidando da Vida com Amorosidade”

Assessoria de Imprensa Epagri

Outras Notícias

PUBLICIDADE