Eleições 2014. Impugnadas duas candidaturas do Alto Vale

Enviar no WhatsApp

Milton Hobus (PSD) e Jailson Lima da Silva (PT) tiveram os pedidos para registro de candidatura impugnados

Entre os 40 nomes para os quais o Ministério Público Eleitoral (MPE) apontou a impugnação estão dois candidatos a deputado estadual da região do Alto Vale do Itajaí: Milton Hobus, do PSD, e Jailson Lima da Silva, do PT.

No caso de Hobus, o autor do pedido para impugnação foi o Partido dos Trabalhadores (PT), que alega ausência de válida filiação partidária. O candidato se manifestou sobre o caso através de uma rede social, mas nossa equipe de reportagem não conseguiu entrar em contato para uma entrevista. 

Por outro lado, os advogados de Hobus, Edison Luiz Zanis e Jaison Fernando de Souza, concederam entrevista e afirmam estarem convictos de que a impugnação será considerada improcedente. "Essa alegação de nulidade de filiação ao PSD é absurda, temos certeza que a candidatura será mantida", garantiu Souza. 

Já para Zanis, o fato é manobra política. "Eles imaginam que o candidato fará uma boa votação e ele é filiado ao PSD há mais de quatro anos, temos plena convicção de que a ação será considerada improcedente", afirmou ele. 

Contas julgadas irregulares pelos Tribunais de Contas do Estado e da União, durante o tempo em que exerceu o cargo de prefeito, foi o motivo para impugnação da candidatura de Jailson. O pedido partiu do Ministério Público Eleitoral e o prazo para contestar a decisão é de sete dias. Tentamos entrar em contato com o candidato, mas ele não foi encontrado. 

Raimundo Colombo, candidato novamente a governador do Estado, também faz parte da lista de impugnações. Hilário Carlos Scherner, do PPL, é o impugnante, por nulidade da convenção, ilegitimidade do órgão partidário que realizou a convenção e comissão provisória. 

As impugnações não são uma decisão final. Os candidatos têm prazo para contestar a indicação do MPE. 

Alto Vale Noticias

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo