Chuvas voltam a provocar estragos em Alfredo Wagner

Comunidade de Barrinha foi a mais atingida e afetada.

Chuvas voltam a provocar estragos em Alfredo Wagner

Chuvas voltam a provocar estragos em Alfredo Wagner (Fotos: PMAW / Divulgação)

As chuvas ocorridas em Alfredo Wagner, no último final de semana, voltaram a provocar estragos em algumas comunidades do município. Segundo os dados da EPAGRI Ciram, Alfredo Wagner foi o município catarinense mais afetado pelas chuvas. Somente na madrugada do sábado (9) moradores registraram - através de medidores – a queda de mais de 120 milímetros de chuva em menos de duas horas.

A Defesa Civil Municipal realizou um levantamento da situação. Foram registradas quedas de barreiras, obstrução de bueiros, abertura de crateras, danos em pontes e nas estradas rurais. Os moradores da comunidade de Catuíra ficaram cerca de 20 horas sem água depois que a rede de distribuição foi parcialmente destruída e arrastada pela correnteza.  Na comunidade de Riozinho, uma casa foi atingida pela queda de uma barreira, obrigando os moradores a retirarem-se do local. Felizmente, ninguém ficou ferido.

A localidade mais atingida, porém, foi à comunidade de Barrinha. Moradores antigos afirmam nunca terem visto um volume tão grande de chuva cair em tão pouco tempo. Animais chegaram a ser levados pela correnteza. Grande parte de lavouras de milho ficou parcialmente destruída. Pelo menos 15 famílias ainda estão isoladas devido à queda de pontes de três pontes. Uma família precisou retirar-se as pressas da moradia depois que a cheia do rio invadiu o local.

Diante do prejuízo, o município decretou Situação de Emergência.

Assessoria Prefeitura de Alfredo Wagner 

Outras Notícias

PUBLICIDADE