Carteira de trabalho digital é lançada em Santa Catarina, a partir desta quarta-feira

Carteira de trabalho digital é lançada em Santa Catarina, a partir desta quarta-feira

Divulgação

A partir desta quarta-feira (22), todos que procurarem a Superintendência Regional do Trabalho, em Florianópolis, para emissão da carteira de trabalho, desde que seja feito o agendamento pela internet, já podem levar o documento para casa na hora. Antes o procedimento demorava em torno de 10 dias. A novidade foi lançada na tarde desta terça-feira (21), pelo Ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, em Florianópolis. O município é a segunda capital a receber a informatização, a primeira foi Fortaleza (CE), no mês passado.

A expectativa é que até o final do ano, todas as cidades catarinenses façam uso do serviço e até o final de 2015, todas as cidades do Brasil. Na tarde desta terça-feira, após o lançamento do novo sistema, foram emitidas as duas primeiras carteiras digitais.

Segundo o ministro, a nova adoção de sistema deve otimizar tempo e recurso do trabalhador. “A partir de agora não será mais necessário levar foto para emissão da carteira, apenas os documentos pessoais. Além disso, também não será preciso esperar dias para buscar, pois o documento passa a ser entregue no ato da solicitação e todas as informações fornecidas  serão cruzadas online com os bancos de dados disponíveis no governo federal”, afirma.

De acordo com o superintendente do Trabalho e Emprego em Santa Catarina, Luis Miguel Vaz Viegas, até outubro deste ano, o posto de Florianópolis emitiu 11.658 carteiras de trabalho ainda no sistema vigente até estar terça-feira. A estimativa, é que até o final do ano, cerca de 5 mil documentos sejam entregues, já no novo formato.

“É com grande estima que adotamos este sistema, ainda mais agora com a aproximação da temporada, visto que algumas pessoas perdiam a vaga de emprego por não ter a carteira e por te que esperar a emissão da mesma, desta forma, o empregador não podia esperar o prazo de entrega e contratava outra pessoa. Agora, ficou tudo mais ágil e prático, basta agendar horário, trazer os documentos pessoais que a carteira sai na hora”, expõe. 

No dia do lançamento, o entregador de água Jean Carlos Souza Antunes foi até a superintendência de Florianópolis dar entrada na carteira e foi surpreendido pela novidade. “Tinha marcado horário e imagina que esperaria cerca de 10 dias, quando a moça voltou com a minha carteira pronta fiquei surpreso e muito contente. Eu perdi a minha antiga e meu novo patrão pediu que fizesse outra para poder me registrar”, explica.

O novo sistema totalmente gratuito vale somente para emissão de novas carteiras e para aqueles que a perderam. Para os que já possuem, nada muda, orienta o MTE. Do ponto de vista físico, tirando a questão da foto que também é feita na hora,a nova carteira não tem nada de diferente da antiga, a mudança ocorre apenas na agilidade da entrega.

Ainda segundo o MTE, a digitalização tem validação nacional dos dados do trabalhador, o que garante mais segurança, visto que todas as informações do empregado serão cruzadas e analisadas no ato da solicitação. Além disso, com a validação nacional dos dados feitos de forma online, a mudança também deve combater possíveis tentativas de fraude contra o trabalhador e contra os benefícios pagos pelo Governo Federal.

Economia SC

Outras Notícias

PUBLICIDADE