Carlos Moisés anuncia R$ 209 milhões em investimentos para Rio do Sul e região

Enviar no WhatsApp
Carlos Moisés anuncia R$ 209 milhões em investimentos para Rio do Sul e região

Fotos: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

 

Importantes obras sairão do papel em Rio do Sul e região. O governador Carlos Moisés anunciou, durante solenidade no município nesta quinta-feira, 28, investimentos de R$ 209 milhões para uma série de ações. A maior parte dos recursos irá para a melhoria da infraestrutura, como o convênio para a execução do anel viário interligando a BR-470 e a SC-350, em Rio do Sul, e a pavimentação asfáltica entre Taió e Mirim Doce e entre Salete e Witmarsum.

“Fizemos uma gestão que economizou o dinheiro público, do cidadão, e agora consegue aplicar os recursos onde ele deve estar, que é nos municípios, onde a vida da população acontece. Somos um governo municipalista. Trazendo investimentos para as cidades as obras saem do papel. É uma parceria que dá certo. O sentido de governar é atender a população em suas prioridades”, enfatizou o governador.

 

Infraestrutura de qualidade



O anel viário em Rio do Sul será executado em parceria com a prefeitura, nos bairros Budag, Sumaré e Canoas, interligando a BR-470 com a SC-350. Serão reestruturadas as vias já existentes, com revitalização do pavimento, drenagens em diversos pontos e adequação de sinalização, bem como construção de obras de arte especiais (ponte) e seus acessos. O investimento será de R$ 20 milhões e os trabalhos devem ser licitados ainda neste ano.

O prefeito de Rio do Sul, José Eduardo Thomé, explica que o contorno viário será uma rota de trânsito importante para a agricultura, a indústria e o comércio, beneficiando toda a região. Conforme ele, há pelo menos 30 anos Rio do Sul discutia esta opção, além disso, há todo o interesse regional em criar rotas de expansão do trânsito de caminhões, tirando-os de regiões centrais ou com características mais residenciais. No entanto, pelo alto custo e falta de um projeto final, a vontade nunca saiu do planejamento e do sonho das pessoas.

“Este complexo de obras, como melhorias de ruas e uma nova ponte, permitirá o desvio de trânsito, sem a necessidade da passagem pela área central da cidade, reduzindo o fluxo de caminhões e ainda melhorando a mobilidade para os moradores de Rio do Sul. É um grande sonho que se tornará realidade”, enalteceu o prefeito.

Outra importante obra que sairá do papel é a pavimentação asfáltica entre Taió e Mirim Doce, com investimentos de R$ 22,44 milhões, em 14 quilômetros. O convênio foi firmado com os dois municípios.

A pavimentação asfáltica que liga o município de Salete ao município de Witmarsum também irá se realizar, após cerca de 30 anos de espera. No trecho de aproximadamente três quilômetros, o Governo do Estado vai investir R$ 7,88 milhões.

 

Foi autorizada ainda a licitação para recomposição funcional da SC-114, no trecho entre Salete e o entroncamento com a BR-470, em Pouso Redondo. O valor é de R$ 6 milhões.

Dentre os recursos autorizados pelo governador Carlos Moisés para a infraestrutura, o maior deles, de R$ 69 milhões, será para a conservação estrutural da malha rodoviária do Vale. O contrato para licitação inclui a reestruturação do contorno de Gaspar e da Rua Pedro Zimmermann, em Blumenau (SC-108), e o recapeamento da SC-410, no trecho entre Tijucas e Brusque. As obras serão licitadas.

Para Pouso Redondo, o governador anunciou a construção de uma ponte de concreto armado, visando o acesso ao Centro de Eventos Herança Tropeiro. O investimento será de R$ 1,8 milhão.

“São obras estruturantes. O governador elegeu a infraestrutura como prioridade Aqui no Alto e Médio Vale do Itajaí. São convênios para tirar demandas antigas do papel. São muitas as obras e investimentos do Governo do Estado para que possamos melhorar a mobilidade, proporcionar a integração regional e sobretudo gerar desenvolvimentos para essas importantes regiões de Santa Catarina”, destacou o secretário de Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira.

 

Educação Especial



O governador oficializou o repasse de R$ 4 milhões para as Apaes de Agrolândia, Rio do Sul, Pouso Redondo, Salete, Witmarsum, José Boiteux, Presidente Getúlio e Rio do Campo. Os recursos serão aplicados em construção de novas sedes, reformas e ampliações, aquisições de equipamentos, mobiliários e transporte adaptado, entre outros.

O montante faz parte do maior investimento da história da inclusão de Santa Catarina. Já são mais de R$ 200 milhões em projetos aprovados que estão sendo disponibilizados para todas as regiões.

Desenvolvimento dos municípios

O governador Carlos Moisés confirmou a destinação de repasses diretos aos municípios: Agrolândia (R$ 6 milhões), José Boiteux (R$ 1,85 milhão), Mirim Doce (R$ 1,7 milhão), Rio do Campo (R$ 2,35 milhão), Rio do Sul (R$ 7,43 milhões), Salete (R$ 500 mil), Vitor Meireles (R$ 257,43 mil) e Witmarsum (R$ 1 milhão).  

As prefeituras utilizarão o recurso para investir em máquinas, infraestrutura, educação, saúde, esporte, tratamento de água, entre outras ações.

 

Água tratada



Durante o ato o governador autorizou por meio da Companhia Catarinense de Água e Saneamento (Casan), a licitação para a aquisição de reservatórios para água tratada para os municípios de Agrolândia (um reservatório), Rio do Sul (11 reservatórios) e Pouso Redondo (dois reservatórios). O investimento total é de R$ 20,73 milhões.

Melhorias para a educação

Para auxiliar nas atividades em sala de aula, o governador entregou 985 tablets e 86 climatizadores de ar condicionados para José Boiteux, Mirim Doce, Pouso Redondo, Presidente Getúlio, Rio do Campo, Agrolândia, Rio do Sul, Salete, Vitor Meirelles e Witmarsum, com investimentos de R$ 1,39 milhão.

 

Doação de imóvel

Atendendo ao pleito de Rio do Sul e da Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí (Amavi), o governador autorizou por meio da Secretaria de Estado da Administração a doação de imóvel, localizado na Rua Dom Pedro II, no Bairro Canoas, para a instalação da Secretaria de Obras/Serviços Urbanos e Agricultura, além da instalação do Centro de Imagens do Alto Vale do Itajaí e a Policlínica Regional de Saúde, que servirão de referência em saúde para o Alto Vale do Itajaí.

Crédito para Cravil

Ainda no ato, o Governo do Estado por meio do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) autorizou a contratação de operação de crédito no valor de R$ R$ 34,7 milhões, para a Cooperativa Regional Agropecuária do Vale do Itajaí (Cravil).

Os recursos vão contribuir para ampliação de uma das unidades da cooperativa, contemplando infraestrutura civil e instalação de equipamentos para aumento da capacidade de recebimento, secagem e armazenagem de grãos, especialmente soja e milho. Também serão usados para a construção de galpões para armazenagem de insumos agropecuários fornecidos aos cooperados.

Nos últimos três anos, a agência de Santa Catarina alcançou a marca de R$ 2,54 bilhões em contratações nos mais variados segmentos do estado. “Neste mesmo período, no agronegócio chegamos a marca de R$ 588 milhões, destinados tanto ao pequeno produtor rural como às cooperativas de todas as regiões do estado”, comemorou o diretor financeiro, Vladimir Arthur Fey.


Por Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo