Brasileiros já pagaram mais de R$ 1 trilhão em impostos só este ano

Enviar no WhatsApp

Cifra foi alcançada 15 dias antes do que em 2013

Agosto nem chegou à metade, e os brasileiros já pagaram mais de R$ 1 trilhão em impostos, segundo o Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ASCP). A marca foi alcançada nesta terça-feira, 15 dias antes da data em que foi atingida em 2013, o que demonstra o aumento na carga tributária.

O somatório contabiliza impostos, taxas e contribuições para a União, Estados e municípios pagos a partir do primeiro dia do ano.

São mais de R$ 180 milhões por hora desde janeiro. É como se cada brasileiro tivesse pago mais de R$ 5 mil em tributos até agora.

Com este valor seria possível construir mais de 10 milhões de quilômetros de redes de esgoto, ou nais de 28 mil casas populares. Ou então seria possível comprar mais de 35 mil carros populares ou para pagar mais de 66 mil meses de conta de luz para todos os brasileiros.

Para o presidente-executivo do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), João Eloi, a carga tributária no país não condiz com os serviços que o governo presta para o cidadão:

— Nossos impostos são comparáveis aos de países desenvolvidos da Europa, que cobram bastante, mas dão uma assistência melhor à população. Aqui, cobra-se muito e retorna-se pouco.

João Eloi defende uma reforma tributária que torne a cobrança mais equânime, com menos foco nos impostos sobre o consumo.

— Cerca de 70% da nossa tributação é sobre o consumo ela é injusta porque tributa todos, independentemente da faixa de renda. Esta carga deveria levar mais em conta renda, patrimônio e lucros. Assim, pessoas e empresas teriam mais condições de se desenvolver, ganhar dinheiro em assim, passar a gerar mais impostos — explica.

AÇÃO DE CONSCIENTIZAÇÃO

Para mostrar o peso da carga tributária nos gastos diários, a ACSP promoveu uma ação batizada de "Caminhão do Impostômetro", que ficou parado em frente ao painel da associação na Rua Boa Vista.

Quem passava era convidado a entrar no caminhão e a colocar óculos especiais que permitiam ver quanto se paga de imposto em alguns produtos, entre eles, um pacote de um quilo de açúcar. O preço era de R$ 2,49, dos quais R$ 0,81, ou 32,33%, são de impostos.

O Globo

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo