BR-376: Primeiro dia de buscas tem resgate de seis pessoas e duas mortes confirmadas

Pode passar de 20 os carros e caminhões carregados pelo deslizamento e não há estimativa do número de vítimas

Enviar no WhatsApp
BR-376: Primeiro dia de buscas tem resgate de seis pessoas e duas mortes confirmadas

Foto: CBMSC/Divulgação

*Atualização 18h, terça (29)

As buscas prosseguem na tarde desta terça (29), na BR-376, km 669, em Guaratuba (PR), local de uma tragédia causada por um deslizamento na noite de segunda (28).

A luz do dia mostrou um cenário de devastação e revelou vítimas, carros e caminhões em meio a lama, árvores, pedras.

 

RESUMO:

  • O Corpo de Bombeiros Militar do Paraná confirmou às 16h desta terça-feira (29), o segundo óbito.
  • Pela manhã foi divulgado que um corpo havia sido visualizado, mas não foi  resgatado por causa das condições do local.
  • Até a tarde desta terça, seis vítimas foram socorridas com vida do soterramento.
  • Segundo o governo do estado do Paraná, a estimativa é que seis carretas e de dez a 15 outros veículos tenham sido soterrados pela lama.
  • Governo do Paraná não tem informação concreta de quantas pessoas estão desaparecidas.
  • Houve dois deslizamentos. O primeiro começou às 15h30 de segunda, quando um talude cedeu no trecho de serra e uma das pistas foi interditada. O trânsito fluia por pista única quando, às 19h30, houve novo deslizamento. 
  • As buscas foram interrompidas na madrugada devido à instabilidade do tempo, mas foram retomadas nesta manhã de terça.
  • Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a estimativa é de que a rodovia seja liberada em até cinco dias.
  • Cerca de 200 metros de pista foram atingidos pela terra e os trabalhos são difíceis no local devido à possibilidade de novos deslizamentos. A chuva foi constante na região durante esta terça.

 

  • Com informações g1/nd+/nscTotal/O Município - Joinville

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo