Aumento de efetivo das polícias civil e militar deve ficar para 2016 em SC

Governador Raimundo Colombo diz que há dois concursos públicos em andamento no Estado

Em visita a São Francisco do Sul nesta terça-feira, o governador Raimundo Colombo afirmou que há dois concursos públicos em andamento, tanto para a Polícia Civil quanto para a Polícia Militar.

No caso da Polícia Civil, a intenção é nomear 768 profissionais, entre delegados, agentes, escrivães e psicólogos, para atender a todo o Estado. Este concurso já aconteceu ano passado, mas os aprovados ainda não foram nomeados. 

O novo prazo para nomeação é neste semestre. Como o curso de formação dura quatro meses, os policiais devem iniciar as atividades no próximo ano.

Com relação à Polícia Militar, foi realizado um concurso com 649 vagas para soldados. O processo está em fase de investigação social dos candidatos. O curso está previsto para começar em 19 de outubro. Como a formação dura em média oito meses, os novos PMs também devem começar a trabalhar no ano que vem.

Estes policiais que entrarão na corporação deverão suprir apenas a demanda de profissionais que se aposentaram. Colombo admite que não será possível suprir a necessidade de incremento do efetivo em pouco tempo. 

— Há uma problema que é a aposentadoria, você precisa fazer um esforço para, no mínimo, repor (os aposentados). Lá trás, durante dez anos, se contratou 500 policiais. Então, vai levar mais dez anos pra repor o efetivo.

A Notícia 

 

Outras Notícias

PUBLICIDADE