Anteprojeto para criação do Dia Municipal de Limpeza do Rio Itajaí do Sul entra na Câmara de Vereadores, em Ituporanga

A iniciativa partiu dos Vereadores Mirins e deu entrada na Casa para leitura.

Enviar no WhatsApp
Anteprojeto para criação do Dia Municipal de Limpeza do Rio Itajaí do Sul entra na Câmara de Vereadores, em Ituporanga

Imagem Ilustrativa (Foto: Arquivo / Divulgação)

 

O Rio Itajaí em toda a sua extensão vem sofrendo ao longo dos anos com o lixo e a poluição, que pode ser visto tanto no seu leito como nas margens. Toda essa sujeira acaba dificultando o escoamento das águas e consequentemente o rio acaba subindo de nível cada vez mais rápido a cada nova enxurrada. Os Vereadores Mirins da Quarta Legislatura de Ituporanga preocupados com a situação, criaram o anteprojeto para criação do “Dia Municipal de Limpeza do Rio Itajaí” e na sessão de segunda-feira (17), ele entrou na Casa para leitura.

O vereador Leandro Heinzen (PSB) destacou que esse anteprojeto foi assinado por todos os vereadores Mirins. "Acho importante a leitura aqui, até para eles conhecerem todos os trâmites, desde a entrada até a aprovação. Ele entrou aqui na Casa como um anteprojeto e caso acharmos interessante podemos transforma-lo em Projeto de Lei”, explicou.

Uma limpeza no rio estava agendada para acontecer no último sábado (15) em Ituporanga, mas por causa do mau tempo acabou sendo cancelada. Segundo Heinzen a questão da limpeza das margens do rio vem sendo uma bandeira em toda a região e discutida há muito tempo. “É espantosa a quantidade de lixo e sujeira que presenciamos passando pelo rio todos os dias, principalmente na época de chuva. Isso precisa ser olhado com mais carinho pelas autoridades e também pela população que tem grande culpa por esse lixo todo parar lá”, desabafou.

O vereador destacou ainda o trabalho importante de entidades que estão engajadas em realizar todos os anos a limpeza do rio, como os Bombeiros, a ONG Mãe d’Água, o Grupo de Escoteiros Itu-Açú e vários voluntários. “Todas essas pessoas se preocupam e realizam ano após ano a manutenção da limpeza do rio. Pensamos que depois disso a sujeira e o lixo diminuiria, mas não, continua aumentando absurdamente. Não sabemos da onde vem tanto lixo, as pessoas precisam se conscientizar que não se pode jogar lixo no rio, isso não é como jogar sujeira em baixo do tapete e ninguém vê, uma hora o rio cobra por isso”, finalizou.

 

Por Assessoria de Comunicação

Câmara de Vereadores de Ituporanga

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo