Alto Vale busca opções para recuperar estragos causados pelas enchentes de outubro

Defesa Civil libera R$ 1,3 milhão para a região, mas valor cobre só combustível.

Alto Vale busca opções para recuperar estragos causados pelas enchentes de outubro

Rio do Sul foi uma das cidades mais afetadas pela chuva (Foto: Gilmar de Souza / Agencia RBS)

Mais da metade dos municípios do Alto Vale do Itajaí receberão recursos do Fundo Estadual de Defesa Civil para manterem a frota de veículos abastecida e trabalhando na recuperação dos estragos causados pelas chuvas e inundações em outubro. Apesar de ajudar emergencialmente, o recurso que será liberado no fim desta semana está longe de ser suficiente para que as cidades coloquem em prática os planos de reconstrução na íntegra. 

Os convênios somam mais de R$ 1,3 milhão e vão beneficiar 21 municípios. Aurora é a cidade da região que mais receberá recursos: R$ 141,8 mil para a compra de combustível e pagamento do que já foi utilizado desde que a situação de emergência foi decretada. Mas diante do prejuízo calculado em R$ 30 milhões, o prefeito Vilmar Zandonai (PP) está em Brasília em busca de recursos federais para investir na recuperação dos estragos causados. 

O secretário de Administração e coordenador da Defesa Civil de Aurora, Charles Franco, afirma que o recurso estadual será utilizado para dar continuidade à liberação de estradas e acessos às regiões do município afetadas pelas chuvas. 

– Não iremos conseguir fazer tudo, mas estamos correndo atrás e colocando recursos próprios. Os governos federal e estadual ajudam, mas não é o suficiente – assegura. 

De acordo com as contas do Estado, o valor será suficiente para a compra de 50 mil litros de óleo diesel. Na semana passada a equipe removeu 6 mil metros cúbicos de barro e liberou o acesso à região serrana da cidade. Com a cheia do rio Itajaí do Sul cerca de 200 pessoas ficaram desabrigadas em outubro. O município possui mais de mil quilômetros de estradas. 

O secretário da Defesa Civil de Santa Catarina, Milton Hobus, explica que parte do recurso já foi utilizada por alguns municípios, que abasteceram os veículos e agora irão pagar a conta. Hobus acredita que o valor é suficiente para que cada local reabilite a sua malha viária: 

– É um custeio de reabilitação para que consigam melhorar as vias do interior. Além do recurso, também auxiliamos com ajuda humanitária e kits de transposição – explica. 

De acordo com o secretário, cerca de R$ 3 milhões já foram liberados para municípios do Vale do Itajaí e Oeste do Estado desde as fortes chuvas e alagamentos registrados no mês passado. A Defesa Civil estadual ainda não estima o volume total de prejuízos no Vale do Itajaí, já que nem todos as cidades informaram os números ao governo.

Na avaliação do diretor da Defesa Civil de Rio do Sul, Teodoro Luís da Silva, o recurso será utilizado para a recuperação da malha viária do município, que sofre com os danos causados pela inundação prolongada. O entulho acumulado nas ruas terá a destinação correta e os donativos continuam sendo distribuídos com caminhões e ônibus da frota do município. A cidade sofreu um prejuízo estimado em R$ 124 milhões – entre os setores de agricultura, comércio e patrimônio público e privado – e 926 pessoas ficaram desabrigadas com a inundação causada pelo rio Itajaí-Açu.

– Esse recurso vem em boa hora pois nossas ruas ficaram muito afetadas com as cheias – diz o diretor.

O município também pleiteia a liberação de recurso do Ministério da Integração Nacional para desobstruir bocas de lobo e recuperar o sistema de esgoto. Em um terceiro momento, a ideia é trabalhar em um plano de reconstrução de pontes e encostas que sofreram deslizamentos. A expectativa da Defesa Civil é que o trabalho dure pelo menos seis meses.

Rio do Sul receberá R$ 80,7 mil e Ituporanga R$ 59,6 mil. Rio do Campo também está na lista das cidades que mais receberão recursos: R$ 92,1 mil – o suficiente para a aquisição de R$ 30 mil litros de combustível. 

Amanhã os convênios serão assinados em Ibirama, Ituporanga e Rio do Sul. Em Taió, a liberação acontecerá na próxima segunda-feira.

Valores

Ao total, 21 cidades serão beneficiadas. Confira os valores dos repasses para alguns municípios da região:
- Aurora: R$ 141.850
- Rio do Campo: R$ 92.100
- Salete: R$ 91.940 
- Laurentino: R$ 91.800
- Rio do Sul: R$ 80.700
- Ibirama: R$ 55.200
- Ituporanga: R$ 59.600
- Taió: R$ 87.777

Jornal de Santa Catarina  

Outras Notícias

PUBLICIDADE