Alesc discute compra da agricultura familiar regionalizada

Milton Hobus defende que licitação regionalizada vai fomentar um setor da economia catarinense que sofre com os altos custos de produção e transporte

Enviar no WhatsApp

No próximo dia 28 de junho, através de proposição do Deputado Estadual, Milton Hobus (PSD), a Assembleia Legislativa, através da Comissão de Finanças e Tributação, realiza um Seminário voltado para discutir a compra de alimentos da agricultura familiar regionalizada. A programação que terá palestras e debate, inicia às 8h.

De acordo com Milton Hobus tramita na Alesc desde 2015, um Projeto de Lei que trata do assunto e diante disso, Hobus pediu vistas para aprofundar a discussão que para ele ainda é superficial no Estado. Conforme o parlamentar, promover critérios de organização de produtores, cooperativas e grupos de produtores rurais. “Este seminário dará a orientação e definição o norteador desse PL,” salientou.

Hobus lembrou que pelo menos quatro palestras estão previstas. Reforçou exemplos de que alguns produtores de uma determinada região ganham licitações fora da área em que vivem e produzem e isso dificulta o deslocamento e reduz a capacidade de competitividade. Com a proposta de regionalizar, Hobus quer que o Estado possibilite que o produtor forneça alimentos e derivados para municípios próximos. “A intenção é fornecer para educação, segurança pública e todos os setores que precisam adquiri alimentos,” destacou.

Para Hobus, a proposta é amparada em experiências já vividas. “Em rio do Sul, chegamos a comprar até 70% do que era adquirido pela prefeitura, desde sucos, geleias e tantos produtos que precisávamos para o serviço público,” disse.

Diante disso, Hobus enfatizou que a nova proposta deve duplicar as vendas de produtores de pequeno porte do Estado. Para ele, a licitação regionalizada vai fomentar um setor da economia catarinense que sofre com os altos custos de produção e transporte e com a regionalização, poderá vislumbrar o empreendedorismo no campo.

Autor Texto: ASCOM

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo