“A situação em Presidente Getúlio é similar à do Morro do Baú em 2008”, diz chefe da Defesa Civil de SC

Foram 125 milímetros de chuva entre 22h de quarta-feira e 3h de quinta. Ruas viraram rios. Casas e veículos foram arrastados.

Enviar no WhatsApp
“A situação em Presidente Getúlio é similar à do Morro do Baú em 2008”, diz chefe da Defesa Civil de SC

Força da água arrastou carros, árvores e destruiu casas (Foto: Arquivo pessoal)

A enxurrada que varreu Presidente Getúlio na madrugada desta quinta-feira (17) teve potencial destrutivo comparável ao dos deslizamentos de terra no Morro do Baú, em Ilhota, na tragédia climática de 2008. A comparação é do chefe da Defesa Civil de Santa Catarina, o coronel do Corpo de Bombeiros Aldo Baptista Neto, que é de Rio do Sul e atuava no Vale do Itajaí 12 anos atrás.

— A situação é muito triste, similar à do Morro do Baú em 2008 — avaliou nesta manhã.

Foram 125 milímetros de chuva entre 22h de quarta-feira e 3h de quinta. Ruas viraram rios. Casas e veículos foram arrastados. Barrancos deslizaram em áreas residenciais. Dez mortes foram confirmadas até 9h30min. Ao menos 20 pessoas continuavam desaparecidas.

No fim da tarde de quarta-feira, a Defesa Civil do Estado emitiu alertas sobre a possibilidade de temporais entre o Alto Vale e o Litoral. Mas nenhum modelo previu algo tão intenso.

— O desastre é um combinado de chuva mais a vulnerabilidade do terreno. Os alertas já iniciaram às 17h de ontem (quarta) para a região, mas o impacto resultante, infelizmente, é imprevisível.

A preocupação agora é com a chance de chuva para as próximas horas no Alto Vale e a alta no nível dos rios. Segundo o aviso meteorológico divulgado nesta manhã, há possibilidade de chuvas intensas no Vale do Itajaí, mas também no Litoral e Grande Florianópolis.

Morro do Baú

Em novembro de 2008, chuvas torrenciais atingiram todo o Estado de Santa Catarina, em especial o Vale do Itajaí. No Morro do Baú, em Ilhota, enxurradas e enormes deslizamentos de terra mataram 47 pessoas. A gravidade do fenômeno transformou o pequeno município em epicento da catástrofe.

Autor Texto: Por Evandro de Assis / NSC Total

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo