Brusque se reapresenta com as primeiras caras novas no elenco

Nomes conhecidos e uma promessa de 18 anos vestiram o uniforme de treino do quadricolor nesta segunda-feira

Brusque se reapresenta com as primeiras caras novas no elenco

Pepê, Vivico, Dalberson, Sandro e Bruno Mota (João Vitor Roberge)

Em processo de reformulação de elenco, o Brusque se reapresentou na segunda-feira, 1º, com cinco reforços: O lateral-direito Vivico, o goleiro Dalberson, o zagueiro Sandro, o volante Pepê e o atacante Bruno Mota. O quadricolor inicia a preparação para o Campeonato Catarinense, que começa no próximo dia 24. A equipe fez trabalhos físicos na academia durante a manhã, e a tarde será de atividades no gramado.

O lateral-direito Vivico terá a maior experiência de sua carreira até aqui. O jogador de 24 anos jamais havia deixado o futebol maranhense. Esteve no Juventude (MA) desde 2019, e em 2020 chegou às oitavas de final da Série D. Sua equipe foi eliminada pelo Floresta (CE), que se tornou finalista. Passou também por Itapecuruense, Pinheiro, Maranhão e ITZ Sport. Terá contrato com o quadricolor até o Campeonato Catarinense.

Depois de quatro temporadas no Joinville, o goleiro Dalberson chega ao Brusque, clube no qual terá Ruan Carneiro e Zé Carlos como colegas de posição. Foi revelado no Boa Esporte (MG) em 2016, e esteve em campo contra o quadricolor em algumas oportunidades, como na Copa Santa Catarina de 2019 e nas quartas de final do Catarinense 2020. Seu contrato será válido até junho.

O último clube do zagueiro Sandro foi o Renofa Yamaguchi, lanterna da segunda divisão japonesa. Já passou por Fluminense, Ituano, Kazma (KUW), Joinville e Figueirense. Sua passagem mais longeva foi no Ceará, de 2014 a 2017. Também esteve no Santa Cruz e no Criciúma. No Tigre, disputou a Série B em 2019. O jogador tem 32 anos, e terá contrato até o fim do estadual.

Aos 18 anos, o volante Pepê é a nova aposta do Brusque. O garoto se destacou na Série C do Campeonato Catarinense. Ele participou da campanha do título do Atlético Catarinense, de São José, e marcou dois gols. Foi formado nas categorias de base do Avaí e teve um período na Itália. Terá contrato até 2024, e os direitos econômicos do jogador têm porcentagens tanto da Águia quanto do Marreco.

O atacante Bruno Mota foi um dos destaques do Ituano na última temporada. Marcou dois gols na Série C do Brasileiro. Aos 24 anos, teve passagens recentes por Mirassol (SP), Vila Nova e Goianésia (GO). Terá vínculo, por enquanto, até o fim do Catarinense, em um contrato de empréstimo.

O diretor de futebol do Brusque, André Rezini, afirma que os jogadores ainda passam por testes físicos e clínicos enquanto treinam com o elenco, e portanto, as contratações ainda não estão oficializadas. Se tudo correr bem, os contratos serão assinados e os anúncios serão feitos nos próximos dias. Novos nomes devem chegar nesta e nas próximas semanas. Rezini prega o cuidado da diretoria nestas movimentações de mercado, para evitar precipitações.

Uma das negociações em andamento é com Moisés, atacante da Ponte Preta que teve excelente passagem pelo Brusque na Copa Santa Catarina de 2019, com nove gols em 11 jogos.

Coordenador de performance

O Brusque também contratou o preparador físico George Castilhos para estruturar e gerenciar as áreas de fisiologia, nutrição, fisioterapia e transição de atletas entre departamento médico e comissão técnica. Será o coordenador de performance, trabalhando em parceria com fisioterapeuta Gustavo Chenci e os preparadores físicos Marcos Abella e Lamil Valêncio.

Castilhos já atuou no Brusque em 2014, 2017 e 2018. Ele acumula passagens por Caxias, Tubarão, Londrina, Ceará, Santa Cruz, Avaí, Joinville, Paraná, Portuguesa, Tupi (MG) e Iraty (PR).

 

Por: João Vitor Roberge/O Município

Outras Notícias

PUBLICIDADE