Vidal Ramos é beneficiado com o programa Brasil Carinhoso

Duas creches do município receberam investimentos que foram revertidos em materiais para manutenção e desenvolvimento da educação infantil.

Vidal Ramos é beneficiado com o programa Brasil Carinhoso

Fotos: PMVR/Divulgação

As crianças do Centro de Educação Infantil Maria Ramos Will e da Creche Cecília Peixe Frutuoso, de Vidal Ramos, estão mais alegres nesse início de junho. Isso porque os locais foram contemplados com o programa Brasil Carinhoso do Governo Federal, que destina investimentos em materiais para manutenção e desenvolvimento da educação infantil.

De acordo com a secretária de Educação, Guisela Backes Burg, as duas unidades beneficiadas com o programa puderam renovar e adquirir materiais essenciais para o bom funcionamento e atendimento às crianças. “O investimento contribuirá com a melhoria da qualidade das ações desenvolvidas na educação infantil e, consequentemente, na aprendizagem dos alunos”, frisou.

Segundo ela, o Centro de Educação Infantil Maria Ramos Will e a Creche Cecília Peixe Frutuoso receberam juntas quase R$45 mil. “O programa Brasil Carinhoso destinou o total de R$ 39 mil. Assim, a Prefeitura deu contrapartida de recursos de R$ 5 mil, completando e suprindo as necessidades dos dois CEIs”, explica a secretária.

Os valores recebidos foram empregados na compra de brinquedos, eletrodomésticos, computadores, DVDs, berços, carrinhos de bebê, mantas, colchonetes e outros materiais básicos e indispensáveis para o bom funcionamento das creches.

Brasil Carinhoso – apoio às creches

Voltado para a primeira infância, o programa Brasil Carinhoso tem o seu desenvolvimento integrado em várias vertentes e uma delas é expandir a quantidade de matrículas de crianças entre 0 e 48 meses, cujas famílias sejam beneficiárias do Programa Bolsa Família (PBF) em creches públicas ou conveniadas.

O apoio financeiro é devido aos municípios que informaram no Censo Escolar do ano anterior a quantidade de matrículas de crianças de zero a 48 meses, membros de famílias beneficiárias do Bolsa Família em creches públicas ou em instituições comunitárias, confessionais ou filantrópicas sem fins lucrativos conveniadas com o poder público.

O programa consiste na transferência automática de recursos financeiros, sem necessidade de convênio ou outro instrumento, para custear despesas com manutenção e desenvolvimento da educação infantil, contribuir com as ações de cuidado integral, segurança alimentar e nutricional, garantir o acesso e a permanência da criança na educação infantil.

As transferências aos municípios e ao Distrito Federal são feitas em duas parcelas. O montante é calculado com base em 50% do valor anual mínimo por matrícula em creche pública ou conveniada, em período integral e parcial, definido para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Assessoria de Imprensa

Outras Notícias

PUBLICIDADE