Unidavi implementou aulas digitais para substituir os encontros presenciais e dar sequencia aos estudos

Cronograma e plano de ensino do calendário acadêmico da instituição seguem o mesmo.

Enviar no WhatsApp
Unidavi implementou aulas digitais para substituir os encontros presenciais e dar sequencia aos estudos

Foto: Unidavi

A Unidavi, de Rio do Sul, com muita agilidade, definiu estratégias para que os alunos, tanto do Colégio quanto da graduação, não perdessem os conteúdos das aulas durante o período de quarentena.

— Implementamos imediatamente as aulas por meios digitais como substituição às aulas presenciais. Seguimos apoiando todas as ações que contribuam para o oferecimento de ensino de qualidade, responsabilidade e compromisso com a comunidade acadêmica e respostas à sociedade — comenta o reitor, Prof. Alcir Texeira.

O Coordenador da Unidavi Digital, Prof. M.e Jeancarlo Visentainer, explica que as aulas acontecem de forma digital, com o uso das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) e seguem o mesmo cronograma e plano de ensino do calendário acadêmico da instituição.

— A Unidavi sempre primou pela qualidade do ensino, seja na modalidade presencial, seja na modalidade online. Agora, mais do que nunca, neste momento pandêmico universal, tivemos a adesão dos professores para alcançar os alunos, mediando o ensino através dos meios digitais — complementa.

Para o Coordenador de TI, Prof. M.e Marcondes Maçaneiro, a Unidavi investe consideravelmente em tecnologias, buscando sempre se atualizar e disponibilizar a seus alunos e professores recursos que principalmente facilitem a organização das aulas.

— Diante da pandemia mundial e da necessidade das aulas por meios digitais, conseguimos responder rapidamente às necessidades e disponibilizar a toda comunidade acadêmica as melhores ferramentas para que as aulas pudessem ter sua continuidade com qualidade — frisa.

Por ser uma novidade para alunos e docentes, algumas ações foram implantadas para garantir a qualidade do ensino, como treinamento aos professores, orientação e controle das aulas remotas e verificação diária das atividades.

— O processo tem sido mais do que positivo. Os coordenadores nos enviam relatórios diários e isso mostra a força que juntos podemos ter. É uma alegria saber que está dando certo, esse resultado é contagiante — ressalta a Vice-reitora e Pró-reitora de Ensino, Prof.ª M.ª Patrícia Pasqualini Philippi.

Desde o início do processo a Unidavi incentivou os docentes na adoção das aulas por meios digitais, de modo que a qualidade do ensino fosse mantida e que os alunos não fossem prejudicados.

— O fato da instituição já utilizar as ferramentas do Google há alguns anos facilitou a implementação e abriu muitas possibilidades de uso das tecnologias. Além disso, surgiu um movimento incrível de ajuda entre os professores, com troca de experiências no uso de metodologias e ferramentas educacionais. O mundo passa por um momento difícil, mas a Unidavi tem fortalecido seu compromisso com a educação e com a comunidade — relata a Prof.ª M.ª Rafaela Sandrini Goedert, que tem explorado as ferramentas do Google em suas aulas.

Para a acadêmica da 1ª fase de Fisioterapia, Victória Gabriela Wetzstein, o momento é de dificuldade e adaptação para todos, o mundo se viu obrigado a mudar. Os trabalhadores têm enfrentado esse cenário em home office e os estudantes a partir do e-learning.

— As aulas estão acontecendo de forma online e a Unidavi está cumprindo o seu papel com excelência. Mesmo no período de adaptabilidade e para que o acesso seja para todos, até para quem trabalha nos horários das aulas, a plataforma que está sendo utilizada grava a aula e assim temos ela disponível para assistir quando quisermos. Frente a esse cenário, só tenho a agradecer à Instituição, porque mesmo enfrentando essa crise, os dirigentes e professores acharam a solução para os nossos problemas — acrescenta.

O professor Alcir enfatiza, ainda, a importância do trabalho em equipe, onde professores e alunos devem sugerir, aprender e ensinar.

— Tudo vai se alinhando. Nossas decisões têm sido muito sensatas e de acordo com o que recomendam os órgãos superiores. Logo isso passará e voltaremos à normalidade com uma bagagem de conhecimento e experiências que nos fortalecerão para o enfrentamento de novos obstáculos e alcançar um futuro ainda mais promissor — finaliza o reitor.

 

Por Estúdio NSC

NSC Total

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo