Mais de 130 alunos de Alfredo Wagner se formam no Proerd

Mais de 130 alunos de Alfredo Wagner se formam no Proerd

Fotos: PMAW / Divulgação

Incentivar o jovem a dizer não para as drogas é o propósito fundamental do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), desenvolvido pela Polícia Militar nas escolas de todo o país. Na última quinta-feira (9), aconteceu aformação da turma do Proerd de Alfredo Wagner, com mais de 130 alunos.

A cerimônia aconteceu no Ginásio de Esportes Rogerão, no Centro da Cidade. A formatura dos jovens contou com autoridades do Governo Municipal, do Batalhão de Polícia Militar, instrutores, diretores das escolas, pais e professores.

O programa envolveu alunos do quinto ano do ensino fundamental, que receberam orientações e palestras da Polícia Militar motivando os jovens a não seguirem pelo caminho das drogas. O Proerd ainda buscou proporcionar aos alunos condições para tomarem decisões corretas quando forem abordados em questões de violência e uso de drogas.

Em fala, a secretária de Educação, Valneide T. da Cunha Campos ressaltou a importância da ação: “O Proerd ensina lições importantes às crianças e que influenciarão diretamente no futuro delas. “É um programa de grande valia para a formação dos nossos pequenos. Ele traz resultados não apenas na escola, mas em toda a comunidade. Pois além da formação cidadã das crianças, os pais também acompanham as ações e muitos se tornam conscientes dos problemas que envolvem as drogas, junto com os filhos”.

Histórico

O Proerd é um programa de educação preventiva ao uso de drogas, que tem por objetivo evitar que as crianças e adolescentes iniciem o seu uso. Ele ensina técnicas centradas na resistência à pressão dos companheiros, auxílio para as crianças dizerem não às drogas e à violência.

É dado ênfase especial em alcançar as crianças nos 5º anos do ensino fundamental, mostrando-lhes os efeitos das drogas e ensinando as habilidades necessárias e motivação para manterem-se longe desse mal e permite às crianças desenvolverem uma atitude positiva em relação ao respeito às leis.

Os instrutores do Proerd são policiais fardados. Auxiliados pelo livro do estudante Proerd, contam com a ativa participação dos professores, os quais atuam como divulgadores das ideias do programa para as demais salas de aula e dos pais que alcançam o programa na família.

As lições objetivam o desenvolvimento da autoestima, controle das tensões,civilidade, além de ensinar técnicas de autocontrole e resistência às pressões dos companheiros. O sucesso do programa depende de um perfeito entrosamento entre família, escola e polícia.

Em Alfredo Wagner, o programa havia sido pausado com a aposentadoria do policial Carvalho. Conforme lembrou a secretária Valneide, há muito a Administração Municipal queria trazer novamente o programa para dentro das escolas. Neste ano, procuradas pelos policiais militares Borges e Castro, a Secretaria de Educação instituiu novamente o Proerd na grade escolar.

Assessoria Prefeitura de Alfredo Wagner 

Outras Notícias

PUBLICIDADE