Votorantim Cimentos inicia investimentos de R$ 55 milhões em Vidal Ramos

Votorantim Cimentos inicia investimentos de R$ 55 milhões em Vidal Ramos

Fábrica comemora oito anos em Vidal Ramos - Foto: Divulgação

Fábrica comemora oito anos e será a primeira do Brasil a utilizar a tecnologia by-pass, já consagrada na Europa, que permite maior consumo de resíduos sólidos não-recicláveis.

 

A Votorantim Cimentos iniciou neste segundo semestre de 2019 o plano de investimentos de R$ 55 milhões na sua unidade em Vidal Ramos, que completa neste mês oito anos de operação. Com isso, a fábrica catarinense será a primeira cimenteira brasileira a utilizar a tecnologia by-pass, já consagrada e amplamente utilizada na Europa, que chega ao Brasil por meio da estratégia da Votorantim Cimentos de promover a evolução técnica contínua das suas unidades.

A tecnologia by-pass retira o cloro do forno, permitindo maior consumo de resíduos sólidos não-recicláveis, tanto os de origem industrial, quanto urbano, para usá-los como fonte energética no coprocessamento para o funcionamento dos fornos de cimento, em substituição ao coque, combustível derivado do petróleo. Com a nova tecnologia, a fábrica de Vidal Ramos poderá coprocessar 144 mil toneladas/ano de resíduos sólidos não-recicláveis, ganhando competitividade e reduzindo significativamente os índices de emissão de gás carbônico. Para se ter ideia da importância disso, 144 mil toneladas de resíduo equivalem a 89 piscinas olímpicas cheias do material.

Segundo o gerente Regional Sul-Sudeste de Combustíveis Alternativos e Resíduos da Votorantim Cimentos, Bruno Marin, a nova tecnologia também pode ter impacto positivo para as cidades ligadas à Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí (Amavi). Quem se organizar para separar os resíduos sólidos não-recicláveis, vai reduzir o volume de lixo aterrado e aumentar o volume de lixo reciclável, gerando renda nova para cooperativas e municípios.

Os resíduos sólidos não-recicláveis com potencial energético representam, em média, 30% de todo o volume de lixo urbano das cidades brasileiras. Esse material, como embalagens de congelados e pacote de salgadinho, dentre outros tipos de embalagens sujas, não pode ser reciclado e acaba sendo descartado em aterros sanitários, mesmo tendo valor energético.

Desde o ano passado, a Votorantim Cimentos iniciou um processo inédito na indústria de cimento no Brasil para usar o Combustível Derivado de Resíduos (CDR) no seu processo de coprocessamento. Parte dos resíduos sólidos não-recicláveis não pode ser usada como CDR por ter cloro em sua composição química, principalmente alguns tipos de plástico. A tecnologia by-pass resolve esse problema, ampliando a capacidade do coprocessamento.

“Com a nova tecnologia, a fábrica de Vidal Ramos será modelo em coprocessamento no Brasil”, destaca Marin. Segundo ele, o processo de importação dos novos equipamentos já foi iniciado e a previsão é de que a tecnologia by-pass entre em operação em outubro de 2020.

Melhoria contínua – No primeiro semestre deste ano, a Votorantim Cimentos já investiu R$ 4 milhões para ampliar a área de estocagem do coprocessamento e instalar um novo dosador para medição e mistura dos resíduos. Somente essas melhorias aumentaram em cerca de 20% a capacidade de coprocessamento da unidade, ampliando para 40 mil toneladas/ano.

Com o coprocessamento, somente no ano passado a fábrica de Vidal Ramos evitou a emissão de 17 mil toneladas de CO2 na atmosfera. Isso equivale a retirar de circulação uma frota de 8.600 veículos das ruas da cidade, que corresponde a duas vezes a frota atual de Vidal Ramos.

Outros R$ 4 milhões foram investidos na modernização da moagem de coque e na instalação de um novo transporte de finos de clinquer, o que melhorou o desempenho operacional da unidade, e mais R$ 1,5 milhão foram usados na inovação de equipamentos para reduzir o consumo de energia elétrica da fábrica, mesmo Vidal Ramos sendo referência mundial da VC nesse KPI (indicador).

De acordo com o gerente da fábrica de Vidal Ramos, Cássio Schittini, esses investimentos fazem parte da estratégia da Votorantim Cimentos de evolução técnica contínua das suas unidades. Na sua avaliação, o que mais diferencia a fábrica de Vidal Ramos é a equipe de colaboradores. Hoje, a unidade gera 225 empregos diretos e indiretos fixos. “Foi o nosso time que fez com que a fábrica de Vidal Ramos alcançasse classificação A no primeiro ranking de excelência operacional realizado pela Votorantim Cimentos em todo o Brasil. Somente nós e a fábrica de Rio Branco do Sul (PR), que é a maior da América Latina, conquistamos essa avaliação. Estamos muito orgulhosos do nosso time”, destacou. Ele ressalta que 90% do time são de moradores de Vidal Ramos, incluindo quatro líderes de áreas.  

Nesse ranking, a empresa avalia 19 indicadores de excelência operacional, incluindo índices de emissões atmosféricas e de CO2, qualidade de produtos e segurança no trabalho. “Para nosso orgulho, estamos há mais de dois mil dias sem registro de acidentes com afastamento. O último registro é de 2013. São quase seis anos sem afastamento por acidentes. Isso é excelência operacional”, comemora.

Transformação social – Outro destaque da fábrica da Votorantim Cimentos em Vidal Ramos é a sua interação com a comunidade local, que vai além da formação de um time com profissionais da cidade. Desde 2010, a fábrica mantém seu Conselho Comunitário ativo, ampliando o diálogo e as parcerias com os moradores de Vidal. Dentre as parcerias está o projeto Domingo na Rua, implementado no ano passado como principal ação de mobilização do Conselho, que já é uma referência de lazer e entretenimento para a cidade.

Por meio do projeto Redes, a Votorantim Cimentos também ofereceu apoio técnico e financiamento para o desenvolvimento de três negócios locais: uma fábrica de biscoitos, uma agroindústria de geleias e uma unidade de extração de mel. Os dois primeiros já estão na fase de autonomia com indicadores muito positivos. A Fábrica de Biscoitos Schmecket Gut, negócio que reúne 13 mulheres de agricultores do bairro Salseiro, já completou 100% dos marcos de implementação e superou em 158% a meta de renda prevista, chegando a R$ 78 mil em vendas.

A Agroindústria de Geleias Doce Acolhida, que reúne 13 casais de agricultores do bairro Molungu, também completou todos os marcos de implementação e conseguiu superar em 130% a meta de renda estabelecida, alcançando um faturamento de R$ 17 mil. O terceiro projeto, de extração de mel, está finalizando seus marcos de implantação para conquistar a autonomia operacional.

No início do ano passado, Vidal Ramos também ingressou no PVE – Programa pela Valorização da Educação, liderado pelo Instituto Votorantim para a melhoria do ensino público no Brasil, e fechou o primeiro ano entre os cinco municípios destaques na Área de Gestão Educacional, entre os 105 municípios participantes do programa, dos quais 25 são patrocinados diretamente pela VC.

Outra iniciativa importante da Votorantim Cimentos é o projeto Evoluir, implementado mês passado em Vidal Ramos e que oferece formação técnica para qualificação de mão de obra para colaboradores da fábrica e membros da comunidade local. Foram abertas 30 vagas para o curso técnico em Eletromecânica, sendo 15 para colaboradores e 15 para a comunidade. Por todas essas iniciativas, a VC recebeu a Certificação de Responsabilidade Social da Assembleia Legislativa de Santa Catarina no ano passado.

 

Sobre a Votorantim Cimentos

Fundada em 1933, a Votorantim Cimentos se tornou uma das maiores empresas globais do setor. O portfólio de materiais de construção vai além dos cimentos e inclui concretos, argamassas e agregados, além de insumos agrícolas. São quase 12 mil empregados e uma receita líquida de R$ 12,6 bilhões em 2018. As unidades da Votorantim Cimentos estão estrategicamente próximas aos mais importantes mercados consumidores em crescimento e presente em 11 países: Argentina, Brasil, Bolívia, Canadá, Luxemburgo, Marrocos, Espanha, Tunísia, Turquia, Estados Unidos e Uruguai. Se no passado a Votorantim Cimentos tinha orgulho de ter contribuído para o desenvolvimento e industrialização do país, hoje a empresa constrói o futuro com parcerias, inovação e sustentabilidade, sempre focada em seu propósito: a vida é feita para durar. Mais informações em www.votorantimcimentos.com.br.

 

NQM Comunicação

Outras Notícias

PUBLICIDADE