Síntese Anual da Agricultura de Santa Catarina - Epagri/Cepa

Nova publicação confirma novos recordes no estado.

Enviar no WhatsApp
Síntese Anual da Agricultura de Santa Catarina - Epagri/Cepa

Foto: Divulgação Internet

Em 2021, o Valor de Produção Agropecuária (VPA) de Santa Catarina foi o maior da história: ficou em R$ 55,8 bilhões, superando em 36,4% o recorde alcançado em 2020, que foi de R$ 40,9 bilhões. Outro recorde registrado no agronegócio catarinense foi nas exportações: US$ 6,9 bilhões, superando em 21% os US$ 5,7 bilhões de 2020 e quase 10% maior do que os US$ 6,3 bilhões de 2018, recorde até então.

Esses e outros números fazem parte da 42ª edição da Síntese Anual da Agricultura de Santa Catarina, publicação anual da Epagri/Cepa lançada em 9 de junho.

O documento também disponibiliza dados, informações e conhecimentos sobre a utilização do crédito rural por agricultores e cooperativas e, principalmente, sobre o desempenho produtivo e mercadológico das principais cadeias produtivas dos setores agrícola, pecuário, florestal e aquícola de Santa Catarina.

 

Valor de Produção Agropecuária

O VPA mostra a evolução do desempenho das lavouras e da pecuária no decorrer do ano e é calculado com base na produção agropecuária e nos preços recebidos pelos produtores nas principais praças do estado. Em 2021, o crescimento se deu basicamente pelo aumento dos preços médios recebidos pelos produtores, 20% superiores aos obtidos em 2019, com destaque para o acréscimo nos preços dos frangos e bovinos, dos grãos e da madeira de processamento industrial.

A produção teve um crescimento de apenas 2%, limitada pela expressiva redução do volume produzido de milho e milho silagem, em razão dos efeitos da estiagem e do ataque da cigarrinha na cultura. Com relação à diversificação produtiva da agropecuária estadual, constata-se uma forte concentração econômica das atividades, com poucos produtos representando grande parte do valor da produção agropecuária de Santa Catarina. Em 2021, a soma do valor da produção dos quatro produtos mais importantes representou 62,3% do VPA estadual: suínos (22,9%), frangos (17,1%), soja (11,3) e leite (11,0%).

Exportações

O agronegócio respondeu por 67% do valor total das exportações catarinenses de 2021, que atingiu US$10,3 bilhões. A performance do agronegócio nas vendas de Santa Catarina ao exterior em 2021 mantém a agricultura e a agroindústria há quatro anos consecutivos com participação superior a dois terços do valor total das exportações do Estado. As maiores contribuições para o forte crescimento do valor exportado vieram das exportações de produtos de madeira (+46,7%), de móveis de madeira (+34,9%), de couros (+32,8%), de carne de frangos (+22,7%) e de carne de suínos (+19%).

Mesmo com a redução de sua importância relativa nas exportações ao longo do tempo, a carne de frango segue destacadamente como o principal produto das exportações do agro de Santa Catarina, representando 26,6% do valor exportado pelo setor (já foi mais de 40%) e 17,9% do valor total das exportações catarinenses.

 

Por: Gisele Dias/Assessoria de Comunicação da Epagri 

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo