Secretaria de Agricultura de Ituporanga orienta sobre o vazio sanitário do maracujá-azedo

Enviar no WhatsApp
Secretaria de Agricultura de Ituporanga orienta sobre o vazio sanitário do maracujá-azedo

Foto: Divulgação / Reprodução

 

Em busca da diversificação das culturas, também em Ituporanga agricultores tem apostado no cultivo de maracujá, e neste mês de julho a Secretaria de Agricultura do Município chama a atenção para a necessidade de respeitar o vazio sanitário.

Até o dia 31 de julho, não é permitida nenhuma planta de maracujazeiro-azedo. Em Ituporanga o cultivo está em expansão e na última safra foram 50 toneladas colhidas, conforme explica a Secretária de Agricultura Sandra Loffi Petry.

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo