Queijo de leite de ovelha de Petrolândia ganha prêmio

Enviar no WhatsApp
Queijo de leite de ovelha de Petrolândia ganha prêmio

Fotos: Epagri / Divulgação

 

Os agricultores Rosângela Erahardt e Rubens Leopoldo Schmitz, que produzem queijo de leite de ovelha em Petrolândia, no Alto Vale do Itajaí, receberam o Prêmio Queijo Brasil em cinco categorias: foram duas medalhas de bronze (queijo colonial com 30 dias de maturação e parmesão com 7 meses de maturação), duas de prata (ricota e queijo azul de ovelha) e uma de ouro (queijinho). A quinta edição da maior premiação de queijos artesanais brasileiros foi realizada em Florianópolis entre 18 e 22 de setembro. O evento contou com mais de 700 inscrições de todo o Brasil – 80 de queijos catarinenses.

A propriedade de Rosângela e Rubens é acompanhada pelo engenheiro-agrônomo Tomás Pellizzaro Pereira, da Epagri de Petrolândia, que orienta a família na melhoria da produção de leite de ovelhas. “As principais áreas que trabalhamos na propriedade são implantação de pastagens perenes como missioneira gigante e jiggs, piqueteamento e melhoria da estrutura produtiva”, destaca Tomás.

Para o agrônomo, o prêmio ajuda a fomentar a atividade na região. “Esperamos que esse reconhecimento à produção dos Queijos Rouswtik estimule outras pequenas propriedades do município a diversificarem a produção, gerando renda extra ao agricultor”.

 

                                                            .

 

Conheça a história dessa família aqui:

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo