Presidente da Aprocesc declara que inclusão de nomes da região na “Lista Suja do Trabalho Escravo” reflete de forma negativa para todos os produtores

Presidente da Aprocesc declara que inclusão de nomes da região na “Lista Suja do Trabalho Escravo” reflete de forma negativa para todos os produtores

Foto: Gilmar de Souza / Agencia RBS

 

O presidente da Associação dos Produtores de Cebola de Santa Catarina – Aprocesc Jelson Gesser, em entrevista a Sintonia FM declarou que a inclusão de nomes da Região da Cebola na “Lista Suja do Trabalho Escravo”, reflete de forma negativa para todos os produtores.

As informações na reportgem especial de Josué Eer.

 

Outras Notícias

PUBLICIDADE