Manifesto em Ituporanga nesta quinta foi organizado pela Aprocesc

Manifesto em Ituporanga nesta quinta foi organizado pela Aprocesc

Foto: Rádio Sintonia

 

O 2º Grito pela Cebolicultura foi organizado pela Associação dos Produtores de Cebola de Santa Catarina (Aprocesc).

O manifesto contou com o apoio de várias entidades constituídas, entre elas a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Ituporanga que orientou os comerciantes da Capital da Cebola para que mantivessem durante o manifesto as portas fechadas em forma de solidariedade aos produtores de cebola, a Associação Comercial e Empresarial de Ituporanga (ACEI), os Sindicatos dos Trabalhadores Rurais e também Sindicato Rural, alem de autoridades políticas e religiosas, como o Bispo da Diocese de Rio do Sul Dom Onécimo Alberton.

Luiz Carlos Laurindo, presidente da Aprocesc, avalia que mais uma vez os agricultores ouviram o chamado e o movimento realizado teve mais uma vez o objetivo alcançado, que foi mostrar a força do homem do campo e a importância da cebola para a economia regional e nacional.

 

Outras Notícias

PUBLICIDADE