Assinada ordem de serviço para o início da duplicação da BR-470 no lote 4

Assinada ordem de serviço para o início da duplicação da BR-470 no lote 4

Duplicação da rodovia federal está concentrada nos lotes 1 e 2. (Foto: Pancho)

 

Foi assinada nesta quarta-feira, no Ministério dos Transportes, em Brasília, a ordem de serviço que autoriza o início da obra de duplicação da BR-470 no lote 4, trecho de 15 quilômetros entre Blumenau e Indaial. Dos quatro lotes da obra, este é o único em que nada foi feito desde a contratação das vencedoras da licitação em 2014. A empresa contratada para este lote é a Sulcatarinense, mesma do lote 3, entre Gaspar e Blumenau.

Para duplicar os 15 quilômetros, a União prevê o investimento de R$ 218 milhões. Até o fim deste ano, serão destinados R$ 60 milhões para os trabalhos. A obra será executada a partir do Km 55 em direção a Indaial, sempre em áreas onde os trabalhos são possíveis sem desapropriações. Segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT), desta forma seria possível atuar em aproximadamente seis quilômetros do trecho. Caso sejam liberados os cerca de R$ 30 milhões previstos na Lei Orçamentária Anual de 2018 para as desapropriações, a superintendência catarinense do DNIT poderá ampliar as frentes de obras.

A duplicação da BR-470 está sendo executada no trecho entre Navegantes e Indaial, com pouco mais de 73 quilômetros. O lote 1 está com 36% da obra executados. O lote 2 tem 59% executados. É o mais adiantado dos quatro lotes e de onde podem vir os primeiros trechos liberados ao trânsito. Já o lote 3 tem 7% das obras executados e, assim como o lote 4, depende muito de desapropriações que ainda não foram feitas.

 

Por Pancho

NSC Total

Outras Notícias

PUBLICIDADE