Para terminar relacionamento e roubar carro, homem simula próprio sequestro e faz amante refém em SC

Mulher foi colocada em porta-malas e deixada desacordada em rodovia de Clevelândia. Homem foi preso em Jaraguá do Sul.

Para terminar relacionamento e roubar carro, homem simula próprio sequestro e faz amante refém em SC

Homem foi preso após fingir o próprio sequestro em SC (Foto: Polícia Militar de Jaraguá do Sul)

 

Um homem de19 anos foi preso no domingo (3) em Jaraguá do Sul, no Norte catarinense, por ter fingido ser vítima de um sequestro em Dionísio Cerqueira, no Oeste catarinense. Conforme a Polícia Civil, ele confessou ter planejado o crime para acabar o relacionamento com a amante, de 22 anos, e roubar o carro dela. A mulher foi feita refém e trancada no porta-malas, abandonada desacordada em Clevelândia (PR) no sábado (2).

Outro homem que participou do falso sequestro, de 29 anos, foi preso. Um adolescente de 16 anos está foragido, segundo a Polícia Civil.

O crime ocorreu no sábado durante a tarde, por volta das 16h. Segundo o delegado Regis Stang, responsável pela investigação, o homem e a amante estavam em uma rua de Jaraguá do Sul, dentro de um Corsa, quando foram abordados por duas pessoas.

"Inicialmente ele teria fingido ser vítima, inclusive falando para levar só ele, não ela. Ele dirigiu o carro. Tudo indica que ele ficou dentro do veículo o tempo todo, mas depois permaneceu calado para dar a entender que já tinha sido executado. A mulher não conseguia mais escutar do porta-malas", disse o delegado Stang.

Segundo a Polícia Civil, a jovem foi trancada no porta-malas e ameaçada de morte em diversas paradas do grupo na estrada, sob a mira de arma de fogo na cabeça.

Por volta das 21h de sábado, já em Clevelândia, ela foi abandonada na rodovia após ser asfixiada por um dos criminosos. A jovem desmaiou e, ao acordar, procurou ajuda.

Os suspeitos levaram o carro da jovem, o Corsa, para Jaraguá do Sul. No município, o suspeito de planejar o falso sequestro foi encontrado chegando na casa da mulher dele, de 19 anos.

"Tínhamos informações que a mulher dele tinha mudado de Dionísio Cerqueira para Jaraguá do Sul há uma semana, por isso avisamos a Polícia Militar sobre o possível paradeiro. Ele teria dito que ia se mudar para a cidade também. Pela investigação, a mulher dele não tinha envolvimento com o caso", disse Stang.

No carro roubado foram presos dois dos suspeitos, mas o adolescente não estava mais no veículo. Na delegacia de Polícia Civil de Jaraguá do Sul, o homem não confirmou ter planejado e executado o crime, mas disse que "pretendia devolver o veículo à vítima".

A operação contou com investigação da Polícia Civil de Dionísio Cerqueira e apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Civil de Pato Branco e Clevelândia, bem como Polícia Militar de Dionísio Cerqueira, Jaraguá do Sul e Clevelândia.

 

Por G1SC

Outras Notícias

PUBLICIDADE