6 mil mulheres foram vítimas de agressão em 2018 no Vale do Itajaí; 9 foram assassinadas

A tentativa de homicídio teve um aumento de 36% nos 4 primeiros meses, segundo governo de SC.

6 mil mulheres foram vítimas de agressão em 2018 no Vale do Itajaí; 9 foram assassinadas

Foto: NSC TV / Reprodução

 

Diariamente, ao menos duas mulheres são vítimas de violência no Vale do Itajaí. Só nos primeiros quatro meses deste ano, foram registradas na região 6.052 ocorrências de violência contra mulher, segundo a Secretaria de Estado de Segurança Pública. Nove mulheres foram assassinadas no Vale do Itajaí em 2018.

O crime de abuso sexual cresceu 31,4% este ano na região. “Os crimes mais graves que envolvem homicídio e estupro contra a mulher acontecem na grande maioria das vezes em ambientes privados, dentro do íntimo familiar e isso dificulta a presença policial. Nós não realizamos rondas no interior das residências”, afirmou o policial militar Nicolas Vasconcelos Marques.

A tentativa de homicídio teve um aumento de 36% no período. A Polícia Militar tenta proteger as vítimas com a rede Catarina. Desde o ano passado, 120 mulheres receberam atendimento em Blumenau, 35 continuam com as visitas periódicas.

“Infelizmente, nós estamos estruturados em uma cultura de base machista patriarcal em que as próprias mulheres acabam se compreendendo como propriedade dos homens. E como é que a gente muda tudo? Mudando no dia a dia, nas relações mais imediatas e a gente vai criando uma contaminação de mudança e talvez a gente tenha mais possibilidades para enfrentar essa situação e salvar mais mulheres, salvar mais homens, salvando essas mulheres”, disse a doutora em psicologia social Catarina Gewehr.

 

Por NSC TV

G1 SC

Outras Notícias

PUBLICIDADE